Rafael Dolis, fã da banda Iron Maiden, é o noivo que foi privilegiado com uma homenagem, tocada em piano por sua própria noiva, Juliana Carrasco Rodelli, durante a sua chegada à festa do seu casamento.

O emocionante vídeo, postado no YouTube no último dia 29, já tem mais de 33 mil visualizações e encanta até quem não é fã de heavy metal ou, muito menos, de Iron Maiden.

Enquanto Rafael se dirige ao salão, já lotado pelos convidados para a festa de seu casamento, a clássica canção Fear of the Dark - lançada em álbum homônimo pelos metaleiros britânicos do Iron Maiden em 1992 - é tocada no piano por Juliana, deixando os presentes boquiabertos não só pelo seu talento, mas, principalmente, pela surpresa que ela planejou fazer ao noivo. 

Rafael vai ao seu encontro e enquanto a admira tocando, alterna momentos de emoção com incredulidade, como se não acreditasse no que estava acontecendo. 

No trecho em que a #Música original recebe o restante dos instrumentos como baixo, bateria e guitarra, uma banda contratada para a festa junta-se à Juliana e então a noiva substitui o vocal de Bruce Dickinson, na canção, pelos acordes do seu piano. 

Sobre a música

Os ingleses do Iron Maiden lançaram o álbum Fear of the Dark, o 9º gravado em estúdio, em 1992 e o trabalho tem um teor histórico por ter sido o último com a participação do vocalista Bruce Dickinson, que partiu para se dedicar exclusivamente à sua carreira solo, retornando à banda sete anos depois.

Publicidade
Publicidade

O disco também marca a estreia do seu baixista, compositor e co-fundador do Iron Maiden, Steve Harris, como produtor musical sendo o primeiro álbum por ele produzido, além de ser o último trabalho do lendário Martin Birch, nome conhecido por produzir, além de Iron Maiden, Deep Purple. Birch se aposentou após o lançamento.

A banda fez algumas experimentações em estilo musical, tentativas notadas em "Be Quick or Be Dead", single de estreia do álbum, e "Wasting Love", primeira canção romântica dos metaleiros. Tanto Be Quick or Be Dead quanto Wasting Love foram escritas pelo vocalista Bruce Dickinson e pelo guitarrista Janick Gers.

O álbum ainda traz uma composição de Steve Harris, "Afraid to Shoot Strangers", que tem uma narrativa política inclusa na pele de um soldado na Guerra do Golfo - que aconteceu entre agosto de 1990 e fevereiro de 1991 e foi travada entre Iraque e Estados Unidos através das forças de Coalização Internacional, com aval da ONU (Organização das Nações Unidas).

Publicidade

O medo de contrair doenças venéreas como a AIDS, por exemplo, também é relatado com a canção "Fear Is the Key", escrita na época da morte do vocalista da banda Queen, Freddie Mercury (24 de novembro de 1991), vítima da doença. Bruce Dickinson disse que a música é uma crítica ao descaso dos governos quanto às enfermidades dolosas enquanto seus mortos não são famosos e que eles, os governantes, só tomam atitudes quando as vitimas passam a ser celebridades e pessoas notórias.

O futebol e a violência entre as torcidas que tiram o brilho do espetáculo também é citado na faixa "Weekend Warrior".

Do álbum Fear of the Dark, apenas a canção que dá nome ao título do trabalho e "Afraid to Shoot Strangers" são executadas em todas as turnês do Iron Maiden desde 1993, exceto pelo ano de 2005 quando os britânicos saíram em tour apresentando só as músicas presentes em seus quatro primeiros álbuns e deixaram Fear of the Dark de lado. #Curiosidades #Arte