Preocupado com o atual cenário político, e com as consequências desse cenário ao processo democrático brasileiro, que vem se estabelecendo, segundo o autor, de maneira bem-sucedida desde o fim do regime ditatorial, Leonardo Avritzer, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), pesquisou as possíveis causas que levaram a esse cenário.

Avritzer considera que nosso processo democrático ainda não se encontra comprometido ou em crise, mas sob certos impasses. São cinco as causas que, em sua opinião, levaram a esses impasses. De maneira clara e em detalhes, ele aborda cada uma delas em um capítulo do livro, de modo que a leitora ou leitor acompanhe todo o processo.

Publicidade
Publicidade

Em A democracia e os custos do presidencialismo de coalizão, o autor analisa a necessidade do governo de fazer coalizões políticas. Embora coalizões em si possam até ter um lado benéfico, o que pode ser visto hoje é um governo enfraquecido por uma necessidade que, na prática, atingiu seu limite. E, mais sério ainda, resultou em casos de corrupção.

Nos dois capítulos seguintes, Os limites e a segmentação da participação social (1990-2013), e As manifestações de junho de 2013 e a ruptura do consenso participativo, Avritzer analisa a participação popular no processo democrático. Fazendo um apanhado histórico, e traçando um perfil de seus atores (participantes), o autor salienta a importância da participação social nas políticas públicas do governo. Mostra que as áreas em que essa participação foi mais ausente são as mesmas áreas em que esquemas de corrupção em larga escala estão mais presentes - áreas de infraestrutura como saúde e transportes, por exemplo.

Publicidade

Em seguida, o autor analisa as manifestações recentes, as mudanças no perfil dos manifestantes, e mostra como a insatisfação com o atual governo vinha ocorrendo de maneira gradual.

Em A corrupção e a democracia, o autor mostra como os esquemas de corrupção se desenvolveram ao longo dos anos, e como a percepção e a própria cultura brasileira em relação ao problema foram mudando. O conhecido slogan "Rouba mas faz" deixou de ser aceito, e formas para combater, ou, pelo menos, diminuir a corrupção no país, tem sido adotadas.

No último capítulo, A classe média e a democracia, Avritzer analisa a insatisfação da classe média com o atual governo, apontando a queda de poder aquisitivo e a perda de status social como principais causas dessa insatisfação.

O cientista finaliza com uma reflexão sobre a democracia e o impasse político atual, e sugere soluções para as situações analisadas nos capítulos anteriores. Mas, de qualquer forma, segundo ele, o atual momento marca o fim de um período e de um sistema político; uma forma de governo que atingiu seu limite.

Impasses da democracia no Brasil. Leonardo Avritzer. Editora Civilização Brasileira. 154 págs. R$ 29,90. #Livros #Literatura #Crise no Brasil