Quem nunca cogitou se passar por outra pessoa? Pois, no meio cultural há inúmeros relatos sobre pessoas desconhecidas assumindo o papel de famosos, ou até mesmo o contrário, ou seja, o famoso que se passa por um mero desconhecido.

Apesar de ser algo até certo ponto recriminável, o fato de uma pessoa passar-se por outra gerou inúmeras maravilhas no meio cultural. O filme "Totalmente Kubrick" (2005) dirigido por 'Brian W. Cook' surgiu de um fato verídico, onde o desconhecido inglês 'Alan Conway' fingiu ser o grande diretor 'Stanley Kubrick', tal situação ocorreu durante o tempo em que o diretor morou em Londres, para a realização das filmagens de seu último filme "De Olhos Bem Fechados" (1999).

Publicidade
Publicidade

No começo dos anos 90's, Alan Conway agarrou-se na fama de Stanley Kubrick, lucrando vários frutos e gastando o mínimo possível. Sempre com a desculpa de ter esquecido o cartão de crédito, ele frequentou as mais famosas festas, shows, hospedou-se em hotéis, e tudo isso foi possível porque o verdadeiro Stanley Kubrick foi um dos profissionais mais reclusos do meio cinematográfico, ou seja, poucas pessoas tinham noção da verdadeira imagem do diretor na época. 

Totalmente Kubrick (2005) - Trailer

O Brasil também teve o seu Alan Conway!

Aqui no Brasil temos a história do paranaense 'Marcelo Nascimento da Rocha', que, em 2001, durante um baile de carnaval, em Recife, passou-se pelo filho do dono da empresa de aviação "Gol". Nessa mesma festa, Marcelo chegou a ser entrevistado pelo apresentador Amaury JR., que nem chegou a cogitar que tal entrevistado poderia ser uma fraude.

Publicidade

Pois bem, esse acontecimento serviu de motivação para a escritora 'Mariana Caltabiano' produzir o livro "Vips - Histórias Reais de Um Mentiroso", e que, posteriormente, serviu de parâmetro para a realização de dois filmes, um ficcional "Vips" (2011), dirigido por 'Toniko Melo' e estrelado por 'Wagner Moura' (no papel de Marcelo), e também o documentário "Vips - Histórias Reais de Um Mentiroso" (lançado 2 meses após a ficção), dirigido pela própria Mariana Caltabiano.

Vips, o Filme (2011) - Trailer

O famoso que se passa por um mero desconhecido

Saindo do meio literal cinematográfico e indo para o meio musical, e também usando do papel inverso, ou seja, o famoso que se passa por um mero desconhecido, temos o caso do Beatle 'Paul McCartney', que, para fugir dos constantes assédios dos fãs, ao se registrar em hotéis, diversas vezes, fez uso do nome fictício "Paul Ramone", este sobrenome não lhe é familiar?... Sim! Foi através desse fato que surgiu o nome da banda de Punk Rock, nova-iorquina, The Ramones. Os integrantes da banda também passaram a utilizar o sobrenome, Ramone. Legal! Né?

Ramones - Pet Sematary (1989)

#Curiosidades #Arte #Blasting News Brasil