Na última quinta-feira (23), em Los Angeles, os ventos sopraram a favor dos ingleses do Led Zeppelin. No julgamento, que levou dois dias para ser concluído, ficou comprovado que a banda inglesa não plagiou o grupo californiano Spirit. A decisão põe fim à ação de direitos autorais aberta por Michael Skidmore, responsável por administrar o inventário do guitarrista da banda, Randy Wolf. No processo, Skidmore deixa claro que a criação de Led Zeppelin, “Stairway to Heaven”, de 1971, possui a introdução copiada da #Música instrumental “Taurus”, de 1968, do conjunto Spirit.

Spirit acabou em 1997, quando Wolf morreu afogado, porém, mesmo antes desta data, nenhum membro havia reclamado sobre a semelhança das músicas, a decisão de abrir o processo partiu de Michael como representante de Randy.

Publicidade
Publicidade

A ação judicial, após ser analisada por um juiz do tribunal de Los Angeles, foi considerada válida para ser avaliada por um júri. As sessões começaram em maio deste ano.

Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin, declarou, no tribunal de Los Angeles, que não tinha conhecimento sobre a música “Taurus” até a uns anos atrás, assim como o vocalista Robert Plant. O vocalista ainda afirmou que não tinha recordações sobre a banda Spirit e que, na verdade, quando estava compondo “Stairway to Heaven”, estava com Page perto de uma lareira. De acordo com Plant, o guitarrista começou a cantar as notas que seriam a introdução da música. Apesar de alegarem que não tinham conhecimento da canção, a banda de Jimmy e Robert já havia tocado com a banda Spirit, em um concerto inaugural, na década de 1960, em Dever, EUA.   

Whole Lotta Love

Essa não é a primeira vez que a banda é acusada de plágio.

Publicidade

No final da década de 1980, os músicos foram processados pelo músico Willie Dixon. O artista afirmava que a primeira canção do disco Led Zeppelin II, "Whole Lotta Love" era um plágio de uma música sua. Segundo Dixon, a música de 1969 seria influenciada pela canção "You Need Love", feita em 1962. Após um acordo extrajudicial, ficou definido que Dixon receberia os créditos como co-autor do hit do Led Zeppelin. O acordo também deu ao músico a co-autoria de "Bring it on Home" outra música presente no mesmo álbum da banda. #Entretenimento #Arte