"Tudo e todas as Coisas" é o livro de estreia da autora jamaicana Nicola Yoon. A obra foi lançada no Brasil este ano e foi comparada aos livros "A Culpa é das Estrelas" (John Green) e "Eleanor & Park" (Rainbow Rowell).

Em agosto de 2015, antes mesmo do livro ser lançado, foi divulgada a notícia de que o mesmo seria adaptado para os cinemas - os direitos de produção foram adquiridos pela MGM.  

O LIVRO

O livro foi lançado em setembro de 2015, pela Random House's Delacorte, estreando em primeiro lugar na lista de Mais Vendidos YA do New York Times. Foi traduzido para 32 línguas e vendido em 34 territórios.

Ele conta a história de Madeline "Maddie", que acaba de fazer 18 anos, e sofre de imunodeficiência combinada severa (SCID), ou seja, é alérgica a praticamente tudo.

Publicidade
Publicidade

Ela mora em Los Angeles e há dezessete anos não sai de sua casa, que é cuidadosamente esterilizada, onde ela vive com sua mãe médica e a enfermeira Carla. A vida de Maddie não tem grandes novidades até a chegada dos novos vizinhos, ou melhor, até a chegada de Olly, por quem ela se apaixona.

Confira a resenha do livro:

O #Filme

A direção do filme será de Stella Meghie, que dirigiu o filme "Jean of the Joneses", lançado em março deste ano. O roteiro é de J. Mills Goodloe, que foi o roteirista dos filmes "O Melhor de Mim" (2014), adaptação da obra de Nicholas Sparks; "A Incrível História de Adaline" (2015); e "The Mountains Between Us" (2017). A produção será de Les Morgenstein e Elysa Dutton, equipe que trabalhou em "The Vampire Diaries", "Pretty Little Liars" e "The Sisterhood of the Travelling Pants".

Publicidade

Para viver Maddie e Olly foram escalados: Amandla Stenberg e Nick Robinson. Amandla é mais conhecida por interpretar a personagem Rue em "Jogos Vorazes" (2012) e está escalada para a adaptação do livro "The Hate You Give", de A.C. Thomas, que ainda será lançado em 2017 e é inspirado no movimento "Black Lives Matter".

Nick Robinson foi Zach Mitchell em "Jurassic World" (2015) e também atuou nos filmes "Being Charlie" (2015) e "A Quinta Onda" (2016).

O que acharam da escolha? #Entretenimento #Literatura