O repórter Marcos Roberto (M. R.) #entrevista agora o Dj Kadu Carioca, que está agitando as pistas de dança, no ABCDM Paulista.

M.R: De onde você é?

Dj Kadu Carioca: Sou natural do Rio de Janeiro e criado na cidade de Petrópolis.

M.R.: O que significa #Música, para você?

Dj Kadu: Música é uma forma de expressão de seus sentimentos. Através desta arte podemos nos libertar, relaxar e é a linguagem que une os povos, culturas, não importando seu estilo.

M.R.:Em que estado do Brasil você agita com as suas músicas?

DJ Kadu: Atualmente moro na cidade de Mauá/SP, mas atuo em todo ABCDM Paulista, e de vez em quando no interior do Estado, quando convidado.

Publicidade
Publicidade

M.R.: Qual é a sua música favorita, que quando você coloca todos pedem novamente?

DJ Kadu: Gosto muito da música Negro Drama dos Racionais Mc's pela mensagem que traz sobre nós negros, dos sofrimentos passados, da realidade que passamos e da força para conquistas que temos que ter. Sem ser preconceituoso com nada, é uma letra de grito de liberdade dos negros. Mas a música que agita o pessoal ainda é a Titanium do David Guetta, essa ainda é nota 10 para o público!!

M.R.: Qual foi a coisa mais estranha que já aconteceu com você, quando vc estava em um show?

DJ Kadu: Não digo estranha, mas foi uma festa de Halloween que toquei em que não teve muito público e só uma pessoa fantasiada, achei muito engraçado isso!  Além da festa ter sido em um lava rápido! Rsrsrs...

M.R.: Qual é o sonho de um DJ? Ou seja, o seu sonho?

DJ Kadu: Só viver de música como os grandes DJs e tocar nos grandes festivais como o Tomorrowland pelo mundo, Ibiza, Grécia, levar boa música para o mundo!

M.R.:Quais são os estilos de música que são tocadas por você?

Dj Kadu: Sou um "DJ Open Format", por tocar diversos estilos, mas o que mais toco é música eletrônica comercial e hip hop comercial, apesar de ter sido dj de um cantor de Hip Hop local.

Publicidade

M.R.: Como você entrou nessa área?

DJ Kadu: Bom, desde os 13 anos já atuava com música, pois sou baixista e tive várias bandas desde o Hardcore ao Pop Rock e já arriscava como dj em casa, no toca disco 3 em 1, e surgiu a oportunidade de me especializar mais num curso de dj, aprender mais técnicas, conhecer mais, e me apaixonar mais por música, aí comecei a divulgar meu trabalho através das redes sociais e da comunidade religiosa à qual pertenço, e está dando certo!

M.R.: Qual é a sua religião?

DJ Kadu: Sou membro de 'A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias', somos cristãos, mais conhecidos como Mórmons.

M.R.: Qual é o seu ídolo ( DJ)?

DJ Kadu: Gosto muito de dois djs bem conceituados no mundo David Guetta e Skrillex que estão entre os Top 10 do mundo! E tenho muito respeito pelo Kaskade, por ser membro da mesma comunidade religiosa, este muito bem conceituado e tocou no Brasil no Festival Lollapalooza 2016.

M.R.: Qual foi o melhor show que você já fez?

DJ Kadu: Cada show tem sua característica, então para mim todos são os melhores, a cada show que faço em cada lugar que toco, faço o melhor possível.

Publicidade

Mas o que mais me tocou foi num acampamento de carnaval de jovens adultos do ano de 2015 com pessoas de vários lugares do Brasil e muito agitado, me marcou muito!!!

M.R.: Qual a diferença dos paulistas para os cariocas, quanto a música?

DJ Kadu: Não existe diferença entre o público Carioca e o público Paulista não, são bem semelhantes em gosto de estilos se tratando de música eletrônica ou de um dj tocando!

M.R.: Em qual lugar você gostaria de tocar?

Dj Kadu: Nos festivais Tomorrowland que acontecem em vários países pelo mundo, esse é um dos meus sonhos!

M.R.: Em meio à música eletrônica e shows há muito uso de drogas infelizmente, qual o conselho que vc daria para o jovens?

DJ Kadu: Como o nome já diz DROGA! Não as usem, cuidem de sua saúde, pratiquem esportes, estudem, se especializam, estou com 40 anos e acabei de me formar em pós graduação em gestão do capital humano, então galera corpo são, mente sã... Se liga galera! Um abraço!

M.R.: Ficamos por aqui, até a próxima! #Entretenimento