Miami, década de 1980. O tráfico de drogas na cidade, comandado principalmente por Pablo Escobar, atinge proporções alarmantes. Um policial, Robert Mazur, decide enfrentar o problema. E percebe que, ao invés das costumeiras apreensões de drogas, a solução pode estar na destruição do sistema de lavagem de dinheiro que o traficante utiliza. Mazur então se transforma em Bob Mussela, empresário corrupto especializado em lavagem de dinheiro. E se infiltra no bando.

Conexão Escobar é baseado em uma história real. Mazur escreveu um livro, The Infiltrator (não lançado no Brasil), contando em detalhes a chamada Operação C- Chase, que desmantelou um dos mais sofisticados esquemas de lavagem de dinheiro já vistos - o esquema, que contava com banqueiros corruptos, atendia não apenas Escobar, mas outros figurões das drogas, políticos corruptos e até terroristas.

Publicidade
Publicidade

Mazur, cujo disfarce o faz passar por situações inimagináveis, ganha a amizade de pessoas importantes próximas de Escobar, e vai subindo na hierarquia do grupo. Depois de cinco anos trabalhando dessa forma, ele consegue abalar o submundo dos cartéis de droga colombianos. O saldo final é assustador.

O #Filme, porém, se concentra nos detalhes policiais da história relacionados a Escobar: o esquema de lavagem do dinheiro e a ascensão do policial no bando. E tudo é mostrado de maneira bem crua, como um bom filme policial deve ser. Nada de dramas pessoais ou outras pieguices, que só fazem desagradar, acrescentadas à trama.

Seria interessante agora um filme que mostrasse os bastidores dessa história que escapam de Conexão Escobar, como por exemplo um detalhamento da estrutura econômica de Miami na época, que permitiu tamanha ascensão dos barões de drogas nos Estados Unidos - uma espécie de complemento à Conexão Escobar, revelando outros bandidos que permaneceram ocultos nessa conexão.

Publicidade

Destaque para a cena em que o policial, flagrado numa situação embaraçosa, enfia a cara de um garçom em um bolo de aniversário. Estreia dia 15 de setembro. #Cinema #Crime