Quando você pensa que já viu e ouviu de tudo, eis que surge algo que tem revolucionado o mercado. 

Os empresários Lídia e João, lançaram na bienal do livro, algo que chamou muita atenção que foi um romance com um pouco de erotismo e um personagem gay.

Os escritores evangélicos queriam mostrar que em qualquer forma de relacionamento, há sofrimento, compreensão, entendimento e muito amor.

Mesmo não sendo um livro evangélico, tem sido campeão em vendas e tem tido uma boa repercussão no mundo evangélico.

O #Casal sempre chamou muita atenção pela versificação de seus negócios e antes de lançarem o livro. Já eram #Empresários no ramo de sex shop.

Já é comum você ouvir a palavra sex shop, lojas que tem brinquedinhos sexuais para poder apimentar mais a relação, entre homem e mulher e até mesmo pessoas do mesmo sexo. Já estão atuando há mais de três anos, sendo que, o sex shop é voltado para todos os gêneros.

Publicidade
Publicidade

João e Lídia tiveram uma ideia surpreendente vender brinquedinhos para casais para poder enlouquecer a vida sexual do casal entre quatro paredes.

O casal tem viajado o mundo dando palestras para casais, como mudar a vida sexual de um casal.Por mais que Lídia e João já ministravam palestras para casais, acabaram entrando no ramo por acaso.

Uma amiga do casal os procurou para conversar e ela informa que estava pensando em abrir um sexy shop fora do país. Na mesma época, o casal conta que sempre estavam acompanhando palestras de produtos eróticos de saúde e bem-estar, antes eles escolhiam os produtos pelas embalagens.

No início as vendas eram de porta em porta e também para amigos da #Igreja onde frequentavam. Ficaram 03 anos vendendo assim, até que abriram a própria loja em Jandira (34 km a oeste de São Paulo).

Publicidade

Segundo o site Gospel Prime, informa que 30% dos clientes de sex shop são evangélicos. O mercado tem crescido muito nos últimos anos e tem buscado pessoas de todo o tipo.

Hoje podemos ver que ainda existe uma resistência no mundo evangélico diante os assuntos que relacionam a vida sexual de um casal.

Existem Igrejas que ainda seguem os primórdios antigos que são homens e mulheres sentados separados. As mulheres ficam sentadas do lado esquerdo da Igreja e os homens ao lado direito da Igreja e nenhum deles podem sentar ao lado de suas esposas.