No dia 20 deste mês, Lady Gaga divulga o videoclipe da sua recente #Música "Perfect Illusion". O vídeo pode ser acessado em seu canal oficial no Youtube. Ele fará parte do novo álbum, intitulado como "Joanne", que será lançado no dia 21 de outubro e irá explorar a herança familiar, bem como uma "autobiografia" da cantora, que havia sumido dos palcos.

O clipe, assim como a música, é relativamente simples: se passa numa zona rural e em um lugar com várias pessoas e uma banda. Gaga aparece com roupas curtas e pouca maquiagem. O vídeo contou com a direção de Mark Ronson.

A produção já passa das 7 milhões de visualizações e possui pouco mais de 350 mil "likes".

Publicidade
Publicidade

Alguns fãs podem ter se decepcionado com o estilo pop/rock do single, que contrasta com o estilo convencional da cantora.

O nome do álbum é uma referência ao seu nome real Stefani Joanne Angelina Germanotta, este que foi homenagem para sua tia que veio a falecer com 19 anos, devido à doença lúpus, que é incurável.

#Lady Gaga ganhou fama com sua poderosa voz, estilo extravagante e sexualidade. Desde 2013, a cantora teria feito pausa do seu estilo tecnopop para produzir músicas no chamado pop convencional e realizar uma turnê com o cantor Tonny Bennett, estrela do jazz.

Stefani nunca teve uma vida fácil: sua infância foi marcada por humilhações e rejeição. Por sempre pensar diferente dos demais, ela era discriminada. Hoje, a cantora é presidente da Born This Way Foundation, que apoia jovens vítimas de bullying.

Publicidade

Suas influências musicais são muitas e bem fortes: Madonna, David Bowie, Elton John, Cher, Cyndi Lauper, etc.

Seu primeiro álbum, The Fame, teve sucesso instantâneo, ficando em primeiro lugar em vendas no Reino Unido, Canadá,  Alemanha, Áustria e Irlanda. Ao todo, acredita-se que ela já tenha vendido 27 milhões de álbuns e 66 milhões de singles no mundo todo. A revista Billboard incluiu a cantora na posição 4 da lista de "100 Maiores Mulheres na Música", e das "Quinze Cantoras mais Bem sucedidas Do #Entretenimento" além de ser nomeada como uma das pessoas mais influentes pela revista Times.