Alguns acreditam em astrologia, outros acham que é pura bobagem, mas uma coisa é certa: cada um tem um signo. E junto com os signos, vêm as características e os traços de personalidade: o dramático canceriano, o livre sagitariano, o leonino que acredita que o mundo gira em torno dele, o virginiano é super detalhista, e por aí vai.

Se você é aquela pessoa conhecida como a louca dos signos, que sabe tudo sobre signos e ascendentes e entende de #Horóscopo, sentimos te informar que você pode estar errado. A nova informação que saiu é a seguinte: 86% das pessoas têm o signo diferente do que pensava

Está em choque? Por essa você não esperava, não é mesmo?! Veja aqui o motivo.

Publicidade
Publicidade

A mudança dos signos

Há 2500 anos, os #astrólogos dividiram os signos. Como eles fizeram essa divisão? Eles viram que os signos derivaram de algumas constelações em particular.

Porém, o curso da terra está em constante mudança. A posição da Terra, o céu que vemos hoje, o sol, os planetas, enfim, muita coisa mudou de 2500 anos para os dias de hoje. Afinal de contas, tanto a Terra quanto as constelações mudaram de lugar.

Com essa mudança, os signos também se moveram. Os estudiosos afirmam que essa mudança foi de aproximadamente um mês.

E não para por aí: os pesquisadores descobriram que, além dessas mudanças, há também um 13º signo para os nascidos entre 30 de novembro e 18 de dezembro: trata-se do #serpentário, (Ophiuchus) o portador de serpente.

Nós não sabíamos do Serpentário porque os astrólogos, lá há 2500 anos, omitiram esse signo para que pudessem dividir o céu em 12 áreas de 30º cada. 

O Serpentário tem as características parecidas com o Sagitário: é super de bem com a vida e bastante inteligente, mas também se irrita facilmente e pode tornar-se alguém ciumento.

Publicidade

A nova lista de signos do zodíacos

Após todas essas mudanças e com o surgimento do Serpentário, está aqui a nova lista de signos.

19 de dezembro a 20 de janeiro: Sagitário

21 de janeiro a 16 de fevereiro: Capricórnio

17 de fevereiro a 12 de março: Aquário

13 de março a 18 de abril: Peixes

19 de abril a 14 de maio: Áries

15 de maio a 21 de junho: Touro

22 de junho a 20 de julho: Gêmeos

21 de julho a 10 de agosto: Câncer

11 de agosto a 16 de setembro: Leão

17 de setembro a 31 de outubro: Virgem

1 a 24 de novembro: Libra

25 a 29 de novembro: Escorpião

30 de novembro a 18 de dezembro: Serpentário

Porém, há uma observação a ser feita: embora muitos astrólogos afirmem como verdadeiras essas descobertas, até hoje não há consenso nos meios astrológicos sobre este assunto. A ideia de mudar para 13 signos permanece minoritária dentre os especialistas.

Essa discussão já aconteceu, pela primeira vez, em 1995, recuperando uma descoberta científica de 1930. Desde então, não houve consenso sobre o 13º signo e nem mesmo sobre a mudança entre a maioria deles.

Publicidade

Esse seria, portanto, um escalonamento alternativo aos signos do Zodíaco. De qualquer forma, há essa possibilidade, que nos deixa com a pulga atrás da orelha. E então, qual você acha que seria o seu signo? Você combina mais com as características dessa nova lista? Ou você pertence aos 14% que não mudaram de signo?