Aqui mesmo no Brasil, cada vez mais, um número maior de pessoas comemora o Dia das Bruxas ou o “#Halloween como são chamada as festividades relativas a esse período do ano em inglês. Nos EUA e Canadá, o evento é bastante conhecido, sendo celebrado no dia 31 de outubro. Mas vale ressaltar que os costumes do dias das bruxas sofrem variações de país para país, como, por exemplo, os nomes das comemorações são diferentes, mas todas elas possuem características muito parecidas, desde a crença de se contatar os espíritos de pessoas falecidas, bruxas, fadas e até mesmo o próprio diabo

Não é necessário que as pessoas creiam em espíritos sobrenaturais para comemorar o Halloween, pois a festividade moderna tem ares “inocentes”, excitando a imaginação das pessoas.

Publicidade
Publicidade

Nessa ocasião, em diferentes partes do mundo, as crianças costumam ir de porta em porta pedindo doces; os moradores adornam suas casas com enfeites “medonhos”; ocorrem inúmeras festas a fantasia, com vários personagens apavorantes, que fazem parte do misticismo popular e mundial. A comercialização de objetos e itens relacionados ao Halloween se transformou em uma multibilionária indústria

O Halloween originou-se no Reino Unido, cuja palavra é derivada da expressão, "All Hallows' Eve", ou seja, Hallow é uma expressão antiga, traduzida por "santo", e "eve" significa "véspera". Enfim, até o século XVI, a frase dizia respeito à noite que precedia o Dia de Todos os Santos, festejado em 1º de novembro.

Porém quanto ao Halloween atualmente, pesquisadores do assunto, registraram que as festividades possuem origem no paganismo, tanto é assim que a Encyclopedia of American Folklore (Enciclopédia do Folclore Americano) relata que o Halloween está intimamente ligado ao contato com forças espirituais, as quais só faziam aterrorizar e ameaçar os seres humanos.

Publicidade

O Halloween ainda hoje é chamado por muitos, pelo seu nome mais antigo, Samhain, palavra que faz alusão ao "fim do verão" no hemisfério Norte. Na realidade nada mais era que o festival pagão celta de Samhaim registrado pelos historiadores no século XVIII. O Samhain se estendia por 3 dias, iniciando em 31 de outubro. Nessa data prestava-se uma homenagem ao "Rei dos mortos", caracterizada pelo acendimento de inúmeras fogueiras e a abundância de alimentos logo após o período das colheitas

A origem dos costumes e símbolos do Halloween: 

  • Vampiros, zumbis, lobisomens e bruxas: são criaturas oriundas do plano espiritual maligno.
  • Fantasias: os celtas tapavam os seus rostos com máscaras medonhas a fim de que os maus espíritos os confundissem com outros espíritos demoníacos. A #Igreja só se aproveitou do costume, fundindo paganismo com o Dia de Finados e o Dia de Todos os Santos, daí a explicação de alguns foliões irem às residências alheias, trajados de anjos, santos e demônios.
  • Doces: os celtas buscavam acalmar os espíritos malvados com doces e a Igreja tradicional, posteriormente, estimulou os fieis a irem às casas no dia que antecede a Todos os Santos, solicitando alimentos por uma oração pelos mortos. Daí o costume no Halloween de se falar “doces ou travessuras”.
  • Abóboras: era rotineiro nessa época, acenderem velas dentro de nabos entalhados para afastar os espíritos, onde mais tarde o nabo foi substituído por abóboras. A crença nessa prática era de que o nabo simbolizava uma alma cativa no purgatório.

#Curiosidade