3% - #3 POR CENTO, a primeira série brasileira original da #Netflix, deixou a internet enlouquecida. A série trouxe atores antigos na telinha brasileira, como João Miguel, que atuou em novelas da rede globo, como Cordel Encantado, e também revelações como Vaneza Oliveira, que revelou ter sido convidada parar participar do elenco por uma rede social.

Assistir na famosa Netflix uma série com o nosso próprio idioma, com os nossos atores e uma trilha sonora 100% abrasileirada, é de dar orgulho mesmo, certo?

Mas nem todo mundo pensou assim. A série de oito episódios recebeu junto com o ibope uma enxurrada de críticas, do figurino e cenário até a atuação.

Publicidade
Publicidade

Pensando nisso, aqui vai um compilado de motivos para insistir no mais novo bebê das pulgas de Netflix de plantão.

1. É a primeira série original da Netflix BRASILEIRA

É óbvio e todo mundo sabe, mas é bom lembrar que esse foi o primeiro investimento diretamente para o público brasileiro. Talvez pela insegurança de apostar em uma espécie de distopia/ficção-cientifica em um país onde estamos acostumados a ver isso de um jeito “norte-americanizado” não tenham investido tanto.

2. A protagonista que não era para ser a protagonista: JOANA

Joana sem dúvidas é um dos maiores motivos para que você não desista dessa série e comece/continue a vê-la imediatamente. Joana é forte, corajosa e maravilhosa. Impossível não amar.

3. O mau-caráter que você vai amar odiar

Rafael, o personagem que vai te fazer enlouquecer de raiva boa parte da temporada.

Publicidade

Trapaceiro, faz tudo o que precisa para alcançar seus objetivos, mas a construção do personagem ao longo dos episódios torna impossível seu ódio total por ele.

4. Todo mundo está falando de 3% - 3 por cento.

Não aguenta mais ouvir e ler a respeito do mais famosinho seriado? Então junte-se a nós!

5. Vai ter segunda temporada!

Netflix confirmou a segunda temporada de 3% - 3 por cento na Comic-Con Experience!

Se você deixou de assistir ou nem começou, seja por causa do figurino, cenário ou qualquer outro motivo agora é sua hora de exercitar a famosa segunda chance. Depois do ibope que a série causou todos nós esperamos que a Netflix invista mais na produção e que os atores melhorem ainda mais depois de ganhar experiência na primeira temporada.

Compartilhe com aquele seu amigo cabeça dura que ainda não assistiu/terminou a mais nova protegida dos brasileiros.

Leia mais:

Crítica: 3%, da Netflix Brasil, é um importante primeiro passo (sem spoiler)

Netflix anuncia novidades na CCXP 2016 #Brasil