A canção 'O Peso da Pena' faz parte do último álbum da banda '#Scalene', intitulado 'Éter'. O grupo brasiliense é conhecido por aliar o peso das guitarras com a voz inconfundível de seu vocalista Gustavo Bertoni. Mas também tem como característica abordar temas diferentes em suas canções, que não ficam só presas a questões de amor, política, amizade e etc.

Nesse artigo abordaremos a ligação da canção ‘O Peso da Pena’ com a cultura e mitologia egípcia.

A relação da música com a cultura egípcia já começa em sua estrutura, pois ela possui notas de uma escala conhecida como ‘Menor Harmônica’, que tem como característica uma sonoridade que remete ao Egito.

Publicidade
Publicidade

Assim como a canção 'Danse Macabre', que foi inspirada na série 'Dexter', 'O Peso da Pena' também possui uma história por trás.

Entendendo a história

No Egito antigo, existiu uma deusa da verdade, da justiça e da ordem divina chama 'Maat', além de acumular todos esses papéis, Maat também era figura importante na decisão de se um morto em questão entraria ou não no submundo.

Para prosseguir ao submundo, o morto era submetido a primeiro parte desse processo, a chamada “confissão negativa”. Um livro chamado 'O livros dos mortos' era encomendado antes da morte do individuo e nesse livro estavam 42 regras, que foram escritas por vários deuses e que mostram o verdadeiro ideal da sociedade egípcia da época. Caso ficasse provado que o falecido tivesse cumprido as regras escritas no livro dos mortos, ele era considerado "digno da verdade" e poderia prosseguir para a próxima etapa do julgamento.

Publicidade

A pesagem do coração

A outra etapa consistia em uma pesagem do coração do morto. Essa pesagem era feita em uma balança que tinha como contrapeso a pena de Maat. Caso o coração fosse mais pesado que a pena, a pessoa estaria fadada a nunca mais existir, pois para os egípcios não existe a concepção de céu ou inferno. A pessoa indigna deixa de existir e não pode mais voltar em outra vida, além de ter seu coração devorado por uma criatura chamada 'Ammit'.

Se coração fosse mais leve ou tivesse o mesmo peso que a pena, o morto era considerado digno e poderia ter a vida eterna, que era o que os egípcios almejavam. Osíris era o deus que presidia todo esse processo de julgamento.

A banda lançou um vídeo onde explica a origem da letra. Veja abaixo.

Escute a música.

#Brasil #Curiosidades