Beyoncé largou na frente nas indicações ao Grammy 2017, principal premiação da #Música norte-americana. O anúncio dos indicados foi feito nesta terça-feira, 06 de dezembro, em Nova York.

A cantora já tem 20 troféus na carreira e pode ganhar mais nove caso vença em todas as categorias em que foi indicada. Drake, Rihanna e Kanye West possuem oito nomeações cada.

Beyoncé concorre pelas músicas do álbum "Lemonade", lançado em abril deste ano. O trabalho é o sexto da carreira da norte-americana, que divulga as músicas através da turnê "The Formation Tour".

"Lemonade" foi lançado primeiramente no serviço Tidal, pertencente ao seu marido e produtor musical Jay-Z.

Publicidade
Publicidade

Na época, a companhia descreveu o álbum como um "projeto conceitual" que se baseia "na jornada de autoconhecimento e cura de todas as mulheres". O trabalho mais recente de Beyoncé conta com as participações de The Weeknd, Kendrick Lamar, Jack White e James Blake.

Um dos principais concorrentes de Beyoncé na categoria de álbum do ano é "25", de Adele. Lançado em novembro do ano passado, o trabalho marcou o retorno da britânica a um álbum completo de estúdio. O último havia sido o "21", de 2011, que garantiu seis troféus do Grammy para a cantora.

Do álbum "25" vem o sucesso "Hello", que concorre aos prêmios de gravação do ano e de música do ano. Nas mesmas categorias está "Formation", de Beyoncé.

Quem também está na briga é Drake, com seu álbum "Views", lançado em abril deste ano sendo o quarto trabalho de estúdio do artista canadense.

Publicidade

O rapper ainda concorre na categoria de gravação do ano pela participação na música "Work", que integra o álbum "Anti", de Rihanna.

"Purpose", de Justin Bieber, e "A Sailor's Guide To Earth", de Sturgill Simpson, fecham a disputa na categoria de melhor álbum.

O Grammy 2017 está marcado para o dia 12 de fevereiro de 2017, no Staples Center, em Los Angeles.

Veja a lista dos principais indicados:

Álbum do ano: "25" (Adele), "Lemonade" (Beyoncé), "Purpose" (Justin Bieber), "Views" (Drake) e "A Sailor's Guide To Earth" (Sturgill Simpson).

Gravação do ano: "Hello (Adele), "Formation" (Beyoncé), "7 Years" (Lukas Graham), "Work" (Rihanna feat. Drake) e "Stressed Out" (Twenty One Pilots).

Música do ano (concedido aos compositores): "Formation" (Khalif Brown, Asheton Hogan, Beyoncé Knowles & Michael L. Williams II), "Hello" (Adele Adkins & Greg Kurstin), "I Took A Pill In Ibiza" (Mike Posner), "Love Yourself" (Justin Bieber, Benjamin Levin & Ed Sheeran) e "7 Years" (Lukas Forchhammer, Stefan Forrest, Morten Pilegaard & Morten Ristorp).

Publicidade

Revelação: Kelsea Ballerini, The Chainsmokers, Chance The Rapper, Maren Morris e Anderson Paak

Álbum pop vocal: "25 (Adele), "Purpose" (Justin Bieber); "Dangerous Woman" (Ariana Grande), "Confident" (Demi Lovato) e "This Is Acting" (Sia).

Álbum de rock: "California" (Blink-182); "Tell Me I'm Pretty" (Cage The Elephant); "Magma" (Gojira), "Death Of A Bachelor" (Panic! At The Disco) e "Weezer" (Weezer).

Álbum urbano contemporâneo: "Lemonade" (Beyoncé), "Ology" (Gallant), "We Are King" (KING), "Malibu" (Anderson Paak) e "Anti" (Rihanna)

Álbum de rap: "Coloring Book" (Chance The Rapper), "And The Anonymous Nobody" (De La Soul), "Major Key" (DJ Khaled), "Views" (Drake), "Blank Face" (ScHoolboy Q) e "The Life Of Pablo" (Kanye West). #Grammy Awards 2017 #Beyoncé