Fui um das desesperadas para comprar o livro "#Harry Potter and the cursed child" assim que foi lançado, mas só consegui ler essa semana e terminei hoje. No início, não gostei muito da ideia da história ser contada em forma de peça teatral, no fim já estava amando e pedindo, por favor J.K Rowlling, lance mais peças teatrais da saga Potter porque não tem como cansar, nunca, desse mundo bruxo maravilhoso. A partir daqui, o texto contém spoilers.

A história se passa dezenove anos depois da Batalha de Hogwarts e o desafio de Harry agora é a paternidade e a rotina da vida adulta. Acompanhamos o difícil relacionamento dele com um dos filhos, Albus Severus, o que foi nomeado em homenagem a Snape e a Dumbledore.

Publicidade
Publicidade

O filho que morria de medo de ir pra Sonserina e no fim, se descobriu lá e fez seu melhor amigo, e companheiro nessa aventura, Scorpius Malfoy. Albus e Scorpius, uma amizade improvável que faz todo o sentido. Achamos no início que qualquer um dos dois poderia ser a criança amaldiçoada que dá título à história.

Dois adolescentes com problemas com os pais, vivem uma amizade que é, em certo ponto, proibida e que, no fim, acaba aproximando cada vez mais Harry e Draco. Até que eles se tornam, finalmente, amigos. Se unem pra lutar contra a ameaça da volta de Lord Voldemort ao lado dos filhos. A criança amaldiçoada é na verdade a filha de Voldemort, Delphi, que quer trazer o pai, que nunca conheceu, ao mundo. São 309 páginas de pura nostalgia com personagens que amamos: Hermione, Rony, Snape, Dumbledore, Draco e até Cedrico, entre tantos que são revividos.

Publicidade

Delphi e Scorpius são, definitivamente, na minha opinião, os melhores personagens, entre os novos que surgiram na história, deixam a gente com vontade de mais. Scorpius é uma mistura de Rony e Hermione, parece mais com eles do que com o pai, Draco. Delphi é uma vilã interessante e poderosa o suficiente pra trazer de volta as trevas, ficamos torcendo pra que os autores resolvam usá-la para novas histórias.

Não importa qual seja o arco narrativo ou qual personagem seja analisada, "Harry Potter e a criança amaldiçoada" é, sobretudo, uma aventura que fala do relacionamento entre pais e filhos e a importância da verdadeira amizade e confiança. Vale a pena a leitura! E vocês, o que acharam? #Livros