O mundo da #Música tem vários nichos. Alguns artistas destes você não vê na TV ou revistas de fofoca, como Otto e Camelo; outros não cansam de estar em todos os lugares, como #Anitta e Iorc. Fato é que aparição não define, dentre esses nichos, quem vai causar nas listas de mais vendidos ou nas críticas. Anitta é aguardada pelo grande público, Otto é aguardado pelo público alternativo, Chico Buarque e Maria Rita vendem como água sem dar as caras na TV. Dentre os previstos, confira os 10 discos mais aguardados de 2017.

10 - Marcelo Camelo

Camelo herdou uma legião de fãs de sua antiga banda, Los Hermanos, e esse público costuma esperar ansiosamente pelas composições, por vezes superestimadas.

Publicidade
Publicidade

Além de ter uma boa arrancada em seus lançamentos, desperta enorme curiosidade na crítica nacional.

9 - Otto

Depois de amargar com seu último álbum, The Moon 1111, que não conseguiu alcançar o sucesso e primor de seu excelente álbum antecedente, Certas Manhãs Acordei de Sonhos Intranquilos, que quase o pôs de vez no circuito mainstream, ele prepara o CD que se chamará Ottomatopéia.

8 - Seu Jorge

Seu Jorge é sempre sinônimo de boas vendas no mercado. Apesar de péssimos números no retorno ao duo Ana & Jorge, parceria com Ana Carolina, nesse último ano de 2016, Jorge é do tipo que vira - facilmente - nº 1 nas rádios e deve lançar mais um de seus sucessos.

7 - Anitta

Depois de Bang e de passar os últimos anos falando de possível carreira internacional, Anitta deve lançar novo CD no meio do ano.

Publicidade

O que se pode esperar é que a curiosidade do público e imprensa sobre a carreira internacional da cantora alavanque a procura pelo novo material.

6 - Caetano Veloso

O último trabalho inédito de Caetano foi em 2012 e gerou um enorme "boom" na internet já com a arte gráfica de seu CD. Caê vem de um sequência de tentativas de renovar seu público, elogiando artistas da moda dos jovens, cantando com eles e fazendo essas coisas que a Paula Lavigne trama como marketing para o cantor.

5 - Rita Lee

Desde "Reza" Rita não deu mais as caras na mídia, exceto pelo lançamento de sua biografia no final do ano de 2016. Após esse descanso das rádios para ocupar as livrarias, Rita só fez crescer no público a curiosidade pelo seu novo trabalho.

4 - Tiago Iorc

Iorc alcançou o sucesso mesmo com seu disco mais recente, o Troco Likes. Antes disso o cantor não tinha chegado perto do mainstream, mesmo com algumas canções em novelas. Tiago alcançou um sucesso estrondoso em 2016 e já é considerado o popstar do momento.

Publicidade

No final de 2017 é esperado o próximo CD que irá revelar se Tiago é fruto de estratégia ou um artista duradouro.

3 - Maria Rita

Colecionadora de prêmios Grammys (onze), Maria Rita está devendo à gravadora e seus fãs um CD de inéditas. Ela dividiu a crítica no seu último lançamento, "Coração a batucar". Maria teve 2 grandes momentos na sua carreira: sua estrondosa estreia e o álbum "Samba Meu". Para 2017 os planos são um CD de inéditas ou uma possível comemoração dos 15 anos de carreira. Falta saber se ela terá a paciência para a indústria e se a gravadora resolverá investir seus esforços nessa que é a voz mais potente da geração.

2 - Chico Buarque

Em meados de 2016 foi confirmado que Chico Buarque estava entrando em processo de composição para novo disco. O retorno do mito está previsto para 2017 e cheio de expectativas após o cantor se envolver em uma série de polêmicas políticas.

1 - Tribalistas

Pânico na indústria da música. Queridinhos de 9 em cada 10 pares de ouvidos desse país. Rumores do retorno do maior alvoroço no cenário musical das últimas duas décadas começaram a circular com força e fontes seguras em 2016. Após tudo isso, Marisa Monte montou acampamento, por 5 dias, na casa de Carlinhos Brown, em Salvador. Pronto! Suficiente para termos como certo o retorno mais temido das gravadoras concorrentes: Arnaldo, Carlinhos e Marisa juntos. É óbvio que ocupam o 1º lugar nessa lista, até porque o disco, provavelmente, irá morar no topo das listas de mais vendidos por muitas semanas. #Tribalistas