Lar de Rita Lee e Os Mutantes, o bairro paulistano é sinônimo de cultura e #Música.

Bairro que hoje em dia é o lar do Palmeiras, atual campeão brasileiro, não é só futebol e tradição. No vocabulário do paulistano, todos nós a tratamos carinhosamente como nossa pequena Liverpool, assim como a cidade inglesa que mostrou ao mundo artistas como Beatles, Artic Monkeys, The Smiths dentre muitos outros artistas.

A Pompéia mostrou ao mundo que o Brasil também é rock, com Os Mutantes que nos anos 60' pregou o tropicalismo pelo globo com nomes como Rita Lee, Arnaldo Baptista e Liminha. A tradicional Vila mostrou a todos nós clássicos do rock nacional como o Made in Brazil e o Tutti Frutti e continua sendo berço de diversos talentos.

Publicidade
Publicidade

Nos anos 80', com a inauguração do Sesc Pompéia, o bairro foi o centro dos festivais punk da cidade, sendo o primeiro a receber bandas como Ratos de Porão, Inocentes, Cólera e Olho Seco no lendário festival "O começo do fim do Mundo", que impulsionou o som sujo e com poucas notas do Punk Rock para o Mainstream paulistano e nacional. Contratados pela Warner em 1986, Os Inocentes ainda voltariam ao bairro para gravar o disco "Pânico em SP" no estúdio Mosh que era sediado na região.

Nos anos 2000, o Sesc #Pompeia sediava ainda o programa Musikaos da TV Cultura, onde vimos pela primeira vez músicos como Cachorro Grande, Pitty, Cidadão Instigado e CPM 22. Mesmo com o programa encerrado ainda hoje, o Sesc recebe, anualmente, diversas promessas do rock nacional como Selvagens à procura de lei e Vivendo do Ócio que se apresentaram lá ainda esse ano.

Publicidade

O bairro conta ainda com promessas próprias como a banda Mattilha, Quimere e diversos outros artistas.

O bairro é famoso principalmente na Zona Oeste paulistana por sediar, anualmente, a feira de Artes e Música, que, em 2017, completará 30 anos e hoje já conta com diversos palcos sendo 3 deles de rock puramente autoral. A feira costuma receber até 100 mil pessoas por edição.

Além de ser o epicentro do rock nacional, desde a reinauguração do antigo Palestra Italia, hoje, o Allianz Parque, é o bairro que mais recebe artistas internacionais em #São Paulo, bandas tradicionais como Aerosmith, Iron Maiden, Paul McCartney, a reunião do Guns n' Roses, dentre muitas outras lendas do rock mundial.

Só desejamos vida longa a Pompéia e que ainda de grandes frutos para o rock e para a música brasileira.