Dirigido por Tate Taylor e com roteiro de Erin Cressida Wilson, o #Filme 'A Garota no Trem' tem a essência do livro.

As cenas de Rachel (Emily Blunt) me impressionaram. Quando se trata dela, a filmagem foca em seu rosto, e a atriz transmite brilhantemente bem os sentimentos da personagem, que variam durante a história: desapontamento, alegria, desejo, surpresa. A atriz que interpreta Megan (Haley Bennett) brilhou também, sem muito detalhes para não contar spoilers, mas a sua atuação condizia com a Megan dos #Livros, é uma mistura de sentimentos.

Um recurso do filme foi as consultas que Megan não queria ir no início do livro, mas foram usadas para contar boa parte da sua história.

Publicidade
Publicidade

Um fato que é interessante é que a tecnologia foi colocada no filme, algo que trouxe para nós um ar de familiaridade com os dias atuais. Para quem não leu, o livro se passa em 2012/2013, e as coisas eram diferentes.

Outros atores atuaram de uma forma condizente com a do texto, e quando digo isso quero dizer que não fizeram milagres com um texto como este. Todos os atores tinham potencial para uma ótima atuação, entretanto, o texto não foi condizente. Parece ter sido escrito às pressas e ficado sem revisão. Muitas cenas importantes foram cortadas, e muitas cenas foram muito suavizadas... mal exploradas.

O livro tem muito mais ação. Infelizmente, sim, o filme tem problemas. E muitos. O filme tem uma narrativa rápida, que não te cansa e te instiga. E isto é bom. Entretanto, são personagens rasos.

Publicidade

Muitas questões do livro foram esquecidas ou mal trabalhadas nas telonas. Toda adaptação de livro para filme exige mudança, muitas eu entendi, outras não. Acredito que o que "pecou" no filme foi o roteiro. Parece ter sido escrito às pressas, como já citado, e aquela narração gostosa da autora se perdeu completamente. Alguns personagens que já foram mal aproveitados no livro, no filme ficaram pior... não é Scott? Enfim, o filme tem essência, é bom, mas poderia ser muito melhor, e como na maioria dos casos o livro é melhor. Nota 3,5.

'A Garota no Trem' foi um dos 10 livros mais vendidos em 2016.

"Into the Water": novo livro de Paula Hawkins será lançado em maio de 2017

A partir de maio de 2017, os leitores poderão ter um novo livro de Paula Hawkins em mãos: “Into the Water” (ainda sem título em português). O livro contará a história de duas mulheres: uma mãe solteira e uma adolescente, que são encontradas mortas no fundo de um rio, numa pequena cidade no norte da Inglaterra.

Uma investigação sobre as mortes misteriosas revelará que as mulheres tinham histórias complicadas e surpreendentemente interligadas.

A editora Record comprou os direitos de publicação do livro no Brasil, mas a data de lançamento ainda não foi divulgada.

#Entretenimento