O longa-metragem Aquarius, do diretor pernambucano Kleber Mendonça, foi eleito Melhor Filme de 2016 pela Associação Brasileira de Críticos de #Cinema (Abraccine), confirmando sua força nos #festivais de cinema do mundo. Ao todo, já foram 33 indicações e 21 premiações, dentre as quais sete foram para a atriz Sônia Braga, estrela do filme.

A despeito de suas qualidades cinematográficas, Aquarius vem sendo alvo de críticas devido às posições políticas de seu diretor. Em maio do ano passado, durante sua estreia no Festival de Cannes, na França, a equipe do filme protestou contra o impeachment da presidente Dilma Roussef, atraindo uma forte antipatia por parte do público brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Em setembro, a divulgação de que “Pequeno Segredo”, de David Schurmann, havia sido indicado como representante do Brasil na corrida pelo Oscar 2017 na categoria de filme estrangeiro, foi um verdadeiro banho frio para os realizadores do longa, mesmo assim a produção seguiu em frente colecionando indicações e prêmios.

No dia 25 de fevereiro, uma noite antes da cerimônia do Oscar, “Aquarius” disputará o prêmio de Filme Estrangeiro no 32o Film Independent Spirits Awards, festival que anualmente premia filmes independentes.

Aquarius já está disponível em plataformas de home video e nos formatos DVD e Blu-ray desde novembro do ano passado.

Filme estrangeiro

Além de “Aquarius”, a Associação Brasileira de Críticos de Cinema também divulgou nesta segunda-feira (16), os demais ganhadores de sua premiação.

Publicidade

Uma boa surpresa é a coprodução franco-germânica “Elle”, do diretor holandês Paul Verhoeven (“Robocop”, “Instinto Selvagem”), que estava longe das câmeras desde 2012 - o filme deu o prêmio de Melhor Atriz à francesa Isabelle Rupert na 74a Edição do Globo de Ouro.

Confira os ganhadores do VI Prêmio Abraccine:

Melhor Longa-Metragem

“Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho.

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro

“Elle”, de Paul Verhoeven.

Melhor Curta-Metragem

“Estado Itinerante”, de Ana Carolina Soares.

De acordo com comunicado da Abraccine, todos os filmes lançados em circuito comercial no Brasil, tanto brasileiros como estrangeiros, entre 17 de dezembro de 2015 e 29 de dezembro de 2016, concorreram na categoria longa-metragem. O total de concorrentes somou mais de 400 produções.

Na categoria Curta Metragem concorreram somente filmes brasileiros exibidos durante o ano de 2016 em mostras, festivais e demais eventos cinematográficos. #Oscar 2017