O "Eu faço Cultura" continuará a distribuir gratuitamente ingressos no Brasil em 2017. Em 2016, foram distribuídos 90 mil ingressos.

Trata-se de um programa inédito no Brasil que compra bilhetes e distribui gratuitamente para pessoas que participam de projetos sociais do governo, ou ONGs, escolas públicas e microempreendedores individuais. É apoiado pela Lei Rouanet, mas o dinheiro vem de pessoas físicas. A soma de vários impostos de pessoas físicas mantém o projeto.

Uma iniciativa dessas muitas vezes salva uma produção cultural, garantindo 30% dos ingressos vendidos. Muitas peças são do Rio de Janeiro. A procura é enorme e ele está presente também nas outras quatro regiões do país.

Publicidade
Publicidade

Peças como "Gota D´àgua a Seco", comédias, infantis, literatura, cinema, shows estão entre os contemplados pelo programa.

O projeto segue existindo e foi prorrogado até 2017.

O teatro lidera o número de resgates de vouchers na plataforma com mais de 75 mil ingressos distribuídos. No total, 500 montagens que estiveram em cartaz pelas cinco regiões do país já passaram pela vitrine do site. O cinema - com as redes Cinemark, UCI e Kinoplex – fica em segundo lugar com mais de 5 mil ingressos fornecidos. O Biblioteca Renovada tem dado uma cara nova para as prateleiras de ONGS e escolas públicas ao distribuir mais de 2 mil livros.

Até 29 de dezembro quase 800.000 pessoas já tinham acesso aos produtos da plataforma por meio do próprio cadastro ou de parceiros de distribuição.

As ONGs, Escolas Públicas, MEIs, Bolsa Família e outros programas sociais estão constantemente aumentando suas adesões ao Programa, ampliando os horizontes de alcance do "Eu Faço #Cultura" e consequentemente contribuindo para a #democratização da cultura no País.

Publicidade

O "Eu Faço Cultura" é inédito no Brasil e conta com subsídio total do Governo Federal, por meio da Lei Rouanet. Uma iniciativa da FENAE, e das APCEFs, com a participação de milhares de empregados da ativa e aposentados da CAIXA, assim como o patrocínio da CAIXA Seguradora e da PAR Corretora. #culturagratuita