A poetisa amazonense Marta Cortezão lançará, no dia 25 de fevereiro, o livro “Banzeiro Manso”. O evento será às 19h30, na Escola de Educação Profissional José Márcio Ayres - Cetam, em Tefé (AM). A programação conta com bate papo com a autora e sessão de autógrafos.

A publicação foi feita pela editora Porto de Lenha. O prefácio é do professor doutor em Literatura Comparada Isaac Ramos.

Sobre a autora

Marta Cortezão, filha de Nelci e Alírio, nasceu em Tefé (AM) e foi registrada na cidade de Uarini, lugar onde passou boa parte de sua maravilhosa infância. Residiu em Tefé largos e dourados anos. Atualmente, é cidadã do mundo porque os sonhos não admitem fronteiras, dessas que os seres humanos costumam erguer com seus muros invisíveis e intransponíveis.

Foi professora na rede pública do Estado do #Amazonas durante pouco mais de duas décadas, na Universidade do Estado do Amazonas (UEA/CEST/Tefé) de 2002 a 2010 e na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em 2011. Sua paixão são os livros, em especial os de tradição clássica, mas também aprecia vários e importantes autores da literatura luso-brasileira.

Seu interesse pela escrita vem de longa data, mas apenas há dois anos atirou-se, insana, neste remansoso rio de palavras que a banzeira manso por dentro. Em 2014 começou a publicar seus escritos em seu blog www.tefetupeba.wordpress.com e em sua página “Banzeiro Manso”, no Facebook, de onde nasceu o título do seu livro.

Neste mesmo ano, estreou no mundo da escrita com publicação da poesia “Atreva-se”, na revista “Subversa, literatura luso-brasileira”. Participou em várias antologias, nacionais e internacionais, como “Revista Subversa – literatura luso-brasileira” (2015), “O silêncio de uma Mulher”, “Inquietudes”, “Coexistência”, “A imortalidade amazônica”, “Antologia Brasil-Galiza” (2016). É também membro da Associação Brasileira de Escritores e Poetas Pan-amazônicos – Abeppa.

Leia também:

Cartunista lança livro no Memorial da América Latina, em São Paulo

Marcelo Gleiser lança livro 'A simples beleza do inesperado' #Manaus #Tefé