Por décadas, o #rock vem chamando atenção da juventude, a cada nova geração, vemos o quanto esse estilo musical ainda ganha seguidores ao redor do #Mundo. Com atitude rebelde, letras fortes e muitas vezes politizadas, podemos afirmar que esse movimento nunca irá morrer. Porém, no cenário musical atual, já faz algum tempo que não vemos uma banda se destacar comercialmente, e se vemos, elas não conseguem se manter no “topo” por muito tempo. Por que isso acontece? Será que o Rock’n’roll não tem mais o que inovar? Colocar o Rock no mainstream novamente tem importância?

Movimento Punk

Antigamente, a sociedade estava à beira do colapso, guerras, conflitos, pobreza, entre outros fatores, o que gerou a revolta daqueles que não tinham voz.

Publicidade
Publicidade

Nos anos 70, por exemplo, o movimento Punk surgiu como manifestação contra toda a opressão que acontecia na época. Bandas como Sex Pistols , Dead Kennedys e The Clash ganharam destaque mundial ao abordar em suas canções temas políticos, anarquia, violência na sociedade, assim como outros tipos de letras consideradas ultrajantes sobre sexo e drogas.

Essa vertente do rock originou uma nova cena, inúmeras bandas surgiram, milhares de jovens passaram a seguir esse estilo, fazendo do Punk (que no começo era um som das ruas e para uma classe marginalizada) comercial.

Entretanto, o Rock nunca foi apenas uma forma de falar sobre os problemas sociais. Em cada ascensão, o estilo se reinventou, por vezes mais obscuro, por outro mais romântico.

É tudo questão de originalidade

Então, se pararmos para pensar, não foi bem a “revolta” que fez do estilo um sucesso, e sim a novidade que a #Música proporcionou nas épocas em que foi destaque.

Publicidade

O comércio atual está, a cada dia, mais voraz pelo novo, e o novo por sinal fica velho num piscar de olhos. Hoje, no Brasil, o Sertanejo Universitário é o que comanda as paradas de sucesso, e por mais que esse estilo não seja tão novo, ele consegue se manter no topo devido a moldagens que o estilo faz, sendo por parcerias, composições pop ou acrescentando outros ritmos a sua essência musical.

Por tanto, se queremos ver o bom e velho Rock no topo novamente, é preciso esquecer o que ele foi e não querer recriar uma cena. O movimento hippie fez sucesso no final dos anos 60, o punk em 70, o grunge nos anos 90. Reparou que há uma diferença de estilos? Inove!

Enfim, talvez Rock’n’roll não precise mais virar moda, talvez os apaixonados por Rock voltaram a vê-lo como underground, ou talvez o Rock’n’roll não esteja velho demais, ele só precisa de um reajuste para os novos tempos.