Os chamados "easter eggs" são referências (nem sempre explícitas) em filmes em geral, que fazem alusão a outros filmes ou personagens. Os estúdios Pixar, por exemplo, são famosos por seus inúmeros easter eggs - a maioria tão bem escondida, que é preciso um olhar muito atento para encontrá-los.

Não é o caso, no entanto, da cena de Cinquenta Tons Mais Escuros, em que Dakota Johnson homenageia a atriz Melanie Griffith. O diálogo e a cena em questão são um prato cheio de referências para os cinéfilos.

Quem conhece o drama cômico Uma Secretária de Futuro e teve a oportunidade de assistir ao segundo #Filme da franquia erótica, provavelmente reconheceu o diálogo entre Anastasia (Dakota Johnson) e sua colega de trabalho.

Publicidade
Publicidade

Ao ser promovida na editora em que trabalha, Anastasia utiliza exatamente as mesmas falas que a mãe utilizou no longa de 1988. Ela diz: "Eu quero que você me chame de Ana. E eu não quero que você pegue café para mim a não ser que vá pegar para você também...E o resto a gente vai improvisando".

Na cena original, a única coisa que muda é o nome da personagem em questão: Tess, mas a fala é exatamente a mesma. A referência pode parecer esquisita, mas não é, realmente: Dakota Johnson é filha de Melanie Griffith. Portanto, a cena é uma homenagem à mãe da atriz, que foi indicada ao #Oscar pelo papel, em 1988. O longa dirigido por Mike Nichols também foi indicado ao Oscar de Melhor Filme e Melhor Diretor.

Esta foi a única indicação da carreira de Melanie Griffith, e ela perdeu a estatueta aquele ano para a atriz Jodie Foster.

Publicidade

Quando Dakota Johnson soube da homenagem à sua mãe, ficou muito feliz. A ideia partiu do roteirista de Cinquenta Tons Mais Escuros, Niall Leonard. Ele é marido da autora E.L. James, que escreveu a trilogia Cinquenta Tons de Cinza.

A parte mais curiosa, no entanto, é que é muito improvável que Melanie Griffith assista à homenagem da filha. A própria Dakota Johnson já declarou em entrevista que prefere que seus pais nunca assistam aos filmes que contém tantas cenas sexualmente provocantes. #Cinema