Mais um daqueles filmes imperdíveis acaba de ser lançado. O longa Estrelas Além do Tempo, teve o lançamento dia 2 de fevereiro, nos principais cinemas de todo o Brasil, e promete ser sucesso. O filme resgata a história das três mulheres negras geniais que tiveram um papel fundamental na #Nasa.

O longa dirigido por Theodore Melfi, veio para colocar à tona, a história real das três mulheres afro-americanas, que trabalharam para a Nasa por volta dos anos de 1950 e 1960. Tempos em que as leis de segregação racial já estavam em vigor.

Estrelas Além do Tempo é baseado em um livro, cujo o título em inglês é Hidden Figures, que significa, figuras ocultas. O livro foi lançado no ano passado por Margot Lee Shetterly.

O intuito da autora, ao escrever esse livro, foi tirar do anonimato aquelas mulheres negras que foram trabalhar na divisão aeronáutica dos #EUA, em uma época que faltava mão de obra. Segundo Shetterly, o trabalho delas basicamente se comparava a de um computador. Logo, eram consideradas gênios da Nasa.

As principais personagens de Estrelas Além do Tempo são: Dorothy Vaughan (Octavia Spencer) uma supervisora informal dos “computadores negros”; Katherine Johnson (Taraji P. Henson), uma bem sucedida matemática que ficou conhecida por resolver um cálculo que levou John Glenn a ser o primeiro americano a ir ao espaço e Mary Jackson (Janelle Monáe, cantora e atriz) que foi a primeira física negra da agência nacional.

Veja o trailer a seguir:

O drama retrata bem os conflitos que as três mulheres viviam (com uma pitada de bom humor e sem vitimismos). Foi uma época complicada para as mulheres, sobretudo, para as mulheres negras. Essas mulheres, por exemplo, precisavam correr por todo o campus, a fim de, encontrar um banheiro, pois no prédio a qual trabalhavam não haviam banheiros destinados às mulheres negras.

Sem mais delongas, o filme passa uma mensagem bastante positiva em termos sociais. Engana-se quem pensa que o filme corrobora com vitimismos. Nada disso. O objetivo do filme é enaltecer aquelas mulheres que por anos não tiveram o devido reconhecimento por causa de uma segregação absurda.

Vale ressaltar que, Estrelas Além do Tempo, teve uma vitória espetacular no Screen Actors Guild Awards (SAG), de melhor elenco, e está concorrendo a 3 (três) estatuetas do #Oscar, nas categorias de: melhor filme, melhor atriz coadjuvante (Octavia Spencer) e roteiro adaptado. O evento do Oscar acontece no dia 26 de fevereiro.