Está ocorrendo, até amanhã (19), o Festival Internacional de Berlim, e a Federação Internacional dos Críticos de #Cinema (Fripresci) escolheu o longa-metragem "Pendular", de Júlia Murat, como o melhor filme da seção #Panorama. A película é uma co-produção entre Brasil, Argentina e França.

Os críticos elogiaram a qualidade visual e a força narrativa da película. Em sua história, o filme narra o relacionamento entre uma dançarina e um escultor boêmio, à beira da meia-idade. Murat recebeu o prêmio e dedicou o troféu ao crítico José Carlos Avellar, que faleceu em 2016.

Brasil no festival

O filme de Murat é um dos 12 inscritos nos Berlinale, como é conhecido o #Festival de Berlim.

Publicidade
Publicidade

Por enquanto, o longa-metragem foi o único a receber algum prêmio. Na seção Panorama, não há outras chances. Foram exibidos as películas "No Intenso Agora", de João Moreira Sales, "Vazante", de Daniela Thomas (que abriu o festival junto com o longa "Tiger Girl" da Alemanha), "Como Nossos Pais", de Laís Bodanzky, e o curta animado "Vênus - Filó, a fadinha lésbica", de Sávio Leite na seção que estava o filme de Murat.

Na Mostra Generation, de temática jovem, os filmes "A Mulher do Pai", de Cristiane Oliveira, "Não devore meu coração", de Felipe Bragança, e "As Duas Irenes", de Fábio Meira" foram exibidos.

A chance do Brasil levar algum prêmio é com "Joaquim", de Marcelo Gomes, que concorreu ao Urso de Ouro, principal prêmio da mostra. A desconstrução de Tiradentes irá enfrentar o húngaro "On Body and Soul", que conquistou, na manhã de hoje, 18, três prêmios do júri paralelo (o de melhor longa da competição pela Fipresci, pelo júri ecumênico e do jornal Berliner Morgenpost).

Publicidade

A última vez que o Brasil conquistou o Urso de Ouro foi em 2008, com "Tropa de Elite", de José Padilha.

O festival está em sua 67ª edição. O roteirista e diretor holandês Paul Verhoeven, ganhador do Globo de Ouro de Melhor Diretor deste ano por seu trabalho em "Elle", filme francês, é o presidente do júri, que possui nomes como a atriz Maggie Gyllenhaal e o ator Diego Luna.