O #Filme "A Bela e a Fera" contará com o primeiro personagem declaradamente gay da Disney, fato que gerou polêmica e fez com que cristãos contrários ao movimento homossexual se manifestassem.

Assim, o proprietário de um cinema em Alabama, nos Estados Unidos, manifestou-se contra o filme e estabeleceu que o filme deveria ser cancelado do seu cinema, haja vista que considera o filme impróprio, além de acreditar que não se enquadra nos padrões necessários para ser exposto no local, tendo em conta que não é um filme "de família".

Segundo informações divulgadas pelo site TMZ, o proprietário do cinema Henagar Drive-In Theater determinou que o filme não será transmitido em seu, levando em consideração que o personagem LeFou (amigo de Gaston) fará uma cena considerada gay no filme.

Diante disso, o dono do cinema foi categórico em afirmar que se recusa a transmitir filme que contradiz ensinamentos da Bíblia.

Publicidade
Publicidade

Ainda diz que se não tem como levar uma criança de 8 ou 11 anos para assistir. Então, acredita que não existe razão para acompanhar o filme, haja vista acreditar que se não consegue se sentar juntamente com Deus e Jesus para ver o filme, logo não existe lógica em transmitir.

Além disso, também falou que o cinema dele é dedicado para a família cristã. Dessa maneira, não pode exibir filmes que incluam cenas que contenham sexo, nudez ou relacionamento homossexual.

Ante o exposto, o gesto praticado pelo dono do cinema trouxe uma repercussão negativa perante membros da comunidade LGBT. Entretanto, teve aceitação de cristãos mais conservadores, que defendem e lutam pela família tradicional, ao considerarem que regras contidas na Bíblia devem ser priorizadas em detrimento de quaisquer regras progressistas.

Publicidade

Nesse sentido, o proprietário do cinema optou por banir filmes que considerar violadores das ordenanças divinas. O filme será lançado no próximo dia 16 nos cinemas brasileiros, sendo aguardado por crianças e jovens que acompanham sagas da Disney. A atriz Emma Watson é a protagonista. #EUA