Neste domingo (12), um grupo de jornalistas integrantes do programa Knight Wallace, da universidade de Michigan (EUA), visitaram Guaianases. Os bolsistas do programa, que tem parceria com a Folha de S. Paulo, foram acompanhados pela jornalista Sabine Righetti e Lucas Veloso, correspondente comunitário da Agência Mural.

A visita foi na Biblioteca Cora Coralina, a primeira Biblioteca Feminista do Brasil. Os jornalistas foram recebidos por Sandra Cristina Szittiko Ramos, professora e escritora do livro ‘Nosso Bairro, nossa vida – memórias de Guaianases’ e pela jornalista do Jornal Folha de Guaianases e escritora, Priscila Xavier.

Publicidade
Publicidade

O bate-papo foi sobre o lançamento dos livros de 75 crianças do projeto “Pequenos escritores – grandes talentos”, idealizado pela escritora Sandra em parceria com a editora Estante Mágica. O evento ocorreu no dia 4 de março, na biblioteca Cora Coralina, e foi organizado pela empresa Sapos & Borboletas.

Além disso, os jornalistas conheceram um pouco da história de Guaianases, do cotidiano dos moradores e do jornal dos mais carentes, o ‘Folha de Guaianases’. Outro assunto que os americanos se interessaram foi em saber como as mulheres da região reagem ao debaterem a temática feminista.

“Quem diria... eu aqui no meio dos jornalistas americanos e dos Jornalistas do bairro Priscila Xavier, da Folha de Guaianases e Lucas Veloso, da Agência Mural, apreciando os livros que escrevemos.... Amei poder contar nossa História, falar sobre os projetos que realizamos e ver a alegria no rosto de cada um.

Publicidade

De Norte a Sul, de Leste a Oeste e agora Internacional. É ‘Guaianases em Foco’. O Gigante foi despertado! ”, comentou Sandra Cristina Szittiko Ramos.

Embora Guaianases necessite de melhorias em infraestrutura, algo que há quase 30 anos não se investe na região, são os movimentos sociais e culturais que estão se destacando.

Outro local que os visitantes conheceram é o “Museu a céu aberto” na Estação Guaianases. A CPTM, que trabalha em parceria com artistas independentes visando revitalizar áreas degradadas, além de promover a valorização da arte urbana, realizou o projeto em parceria com o artista Todyone. Amante do bairro onde vive, o artista trabalhou para deixá-lo mais bonito e acolhedor. #Guaianasesemfoco