Life: Um Retrato de James Dean é um longa-metragem com direção de Anton Corbijn. A história do #Filme conta os bastidores do astro rebelde James Dean.

Em 1955, o fotógrafo Dennis Stock, que trabalha para a revista Life, observa algo de diferente no jeito daquele cativante ator em ascensão. Com o objetivo de capturar isso e estampar em quatro páginas para todo mundo ver, ele vai para Los Angeles em busca de sondar o astro James Dean. As suas primeiras tentativas sem sucesso de obter uma foto é o começo de uma breve carreira bem sucedida que ambos irão experimentar depois dessa parceria.

Bonito, talentoso e rebelde. James é intimidado por produtores que por causa de seu comportamento, não queriam ele como o personagem principal de um dos maiores sucessos de sua carreira que seria o filme Juventude Transviada, depois de alguns acordos e avaliações sobre a imagem daquele jovem rapaz, finalmente é escalado para o papel.

Publicidade
Publicidade

Nesse exato momento, James estava promovendo o filme Vidas Amargas de Elia Kazan.

Dennis Stock tinha uma relação conturbada com sua ex-mulher e seu filho de sete anos. Um homem com grandes expectativas sobre sua trabalho perseguiu ao máximo o jovem James para um ensaio, com a proposta de mostrar as pessoas um ser humano de verdade, com inteligência e personalidade que sentia sobre sua pessoa.

Depois de algumas semanas no interior de Indiana, na fazenda onde Jimmy, o nome pelo qual a família de James o chama. Presenciou tudo aquilo que imaginou, junto de uma família que o amava e tinha orgulho de seu sucesso. As fotos tiradas naqueles dias seriam as mais emblemáticas dos momentos pessoais de um homem sensível e espirituoso que ele era muito longe daquela imagem que Hollywood ajudou a construir.

Publicidade

A partir daí, Dennis continua sua vida como fotógrafo e James Dean retorna para as telas onde ira entrar para a história como um dos maiores atores do século XX. Meses depois da publicação na revista Life e o sucesso de seu quinto filme Juventude Transviada, em 30 de setembro de 1955, James sofre um acidente de carro vindo a falecer.

Seu legado é a imagem de jovem rebelde que o mundo viu nas telas de cinema, os anos que se passam seu estilo e comportamento serão usados como inspiração por todos dentro e fora da indústria do entretenimento. James Dean foi mais uma das pessoas a serem amadas pelas gerações futuras depois de uma morte prematura. O filme mostra um James Dean controverso, conservador e solitário, transitando em meio a cigarros, bebidas e lapsos de felicidade no mundo superficial da Hollywood do pós-guerra. #Jamesdean