A TV Cultura, junto com a TV Brasil, irá exibir, a partir desta segunda-feira (6), a nova versão de "#Vila Sésamo"- ou só "Sésamo" como agora será chamada -, trazendo temas atuais, convidados famosos e com apenas cinco personagens. Em 52 episódios, um novo cenários e sem o pássaro Garibaldo - personagem mais conhecido do público -, os diretores acreditam que estão trazendo uma versão mais divertida do programa do que o exibido em 2007.

Os cinco personagens serão Elmo, Bel (personagem exclusiva do Brasil), Abby, Grover e Come Come. Já entre as personalidades convidadas estão Thiaguinho, Gaby Amarantos, Emicida, Palmirinha Onofre, Chico César, Bela Gil, Fernando Fernandes, Negra Li, MV Bill, Céu, Jair Oliveira, Tania Khallill, Ilan Brenman, Gregório Duvivier e Maria Fernanda Cândido.

Publicidade
Publicidade

A ideia, segundo Bete Rodrigues, diretora da Cultura há 27 anos e responsável por "O Mundo da Lua" e "Glub Glub", o foco será mais na diversão e no entretenimento, sem esquecer o conteúdo educacional que está presente na atração desde o começo nos anos 1970.

De acordo com João Amorim, diretor-geral da Sesame Workshop no Brasil, o público-alvo é crianças entre os 2 e os 6 anos, mas eles tentarão empurrar até os 7 anos. "Trouxemos roteiristas do mundo do humor para tentar pegar os irmãos mais velhos. Temos um público forte dos pais assistindo com os filhos", comentou Amorim.

Temas atuais

Um dos grandes triunfos dos personagens de "Vila Sésamo" sempre foi tratar assuntos atuais de forma educacional. E em "Sésamo" não será diferente. Entre os que serão apresentados ao público estão a sustentabilidade ambiental, valorização das brincadeiras, alfabetização digital e empoderamento feminino.

Publicidade

A responsável por isso será a Bel, que foi criada em 2007 por Rodrigues no estúdio de Jim Henson (criador do "Vila Sésamo"). "Escolhemos a cor, o tipo de pelúcia, os olhos, tudo com o pitaco deles. Até tivemos a discussão: 'Será que ela é muito brasileirinha?' Ela tem um jeito meio malandrinha, mas é legal, porque isso que traz a diferenciação", completou Rodrigues. #TV CULTURA #Infantil