Em seu projeto atual, A Múmia, o ator Tom Cruise disse em entrevista que precisou filmar uma mesma cena 64 vezes, até que ela saísse de acordo com o esperado. O número de repetições é assustador, mas nem se compara ao que você verá na lista a seguir.

Alguns diretores são realmente perfeccionistas. Basta ver o que o próprio Cruise passou, anos atrás, filmando De Olhos Bem Fechados, com Stanley Kubrick, que o fez andar por uma porta 90 vezes até achar que a cena estava boa.

Outro que também tem essa fama é David Fincher que já confessou precisar de 107 takes para conseguir a cena como queria. A seguir, você confere mais casos que deram muito trabalho para os atores.

Publicidade
Publicidade

Com informações do The Guardian.

1. O Iluminado (1980)

Tal qual o seu protagonista obsessivo, Kubrick filmou todas as cenas em O Iluminado várias vezes; a atriz Shelley Duvall sofreu muito durante as filmagens do longa, por causa disso, chegando a chorar por 12 horas seguidas para fazer as cenas. Entre outros casos, há também uma cena de diálogo na cozinha, com o jovem Danny. É uma cena até simples, mas que o diretor exigiu 148 tomadas! Não é a toa que o ator mirim nunca mais quis atuar em filmes...

2. Spider Man (2002)

Hoje em dia, os filmes de super heróis dependem quase que inteiramente de computação gráfica, mas quando Sam Raimi estava rodando o primeiro Homem-Aranha, ele queria cenas reais quantas fossem possíveis. A cena em que Peter segura Mary Jane e sua bandeja na escola, por exemplo, precisou ser feita 156 vezes até que funcionasse: Tobey Maguire segura a atriz Kirsten Dunst com um braço e com o outro ele pega a bandeja e cada item de comida, sem derramar nada.

Publicidade

A cena é impressionante. E perfeita.

3. Os Suspeitos (1995)

Mais uma cena simples; pelo menos em tese. Para a famosa seqüência policial do #Filme, em que o grupo de ladrões se encontra, o diretor Bryan Singer queria um tom sério e perigoso, mas os atores não conseguiam se concentrar nem disfarçar que estavam se divertindo muito. Inúmeras tomadas foram estragadas com risadas. No fim das contas, o diretor acabou usando uma das sequências que deram "errado" mesmo. A cena é agora uma representação icônica da camaradagem entre os ladrões, reforçando involuntariamente a narração de Kevin Spacey que a acompanha: "Você não pode colocar homens desse tipo em uma sala juntos".

4. Luzes da Cidade (1931)

Chaplin era conhecido por seu perfeccionismo extremo. Em "Em Busca do Ouro", ele repetiu 63 vezes uma cena em que aparecia comendo um sapato. Obviamente, o material era comestível e feito de alcaçuz, mas o ator passou mal e teve de ser levado ao hospital por ter ingerido tanto açúcar. Outra cena que deu muito trabalho foi a da vendedora de flores na rua, em Luzes da Cidade.

Publicidade

Quem assiste à cena hoje em dia, em um filme mudo, nem imagina que ela foi filmada 340 vezes!

5. Dragon Lord (1982)

Conta-se que o perfeccionista Jackie Chan, diretor e protagonista do longa, exigiu impressionantes 2.900 tomadas até que a cena estivesse de acordo com o que ele queria. A famosa "seqüência de shuttlecock" levou muito tempo para ficar pronta. Apenas uma pequena parte dela, em que Chan aparecia chutando e vencendo o jogo, precisou ser refilmada dezenas de vezes (confira parte da cena no vídeo abaixo a partir do minuto 3:13). A dedicação e o preparo físico de Jackie Chan são admiradas por fãs do mundo todo. O artista ganhou um #Oscar honorário este ano; o Lifetime Achievement Oscar, em homenagem a sua carreira.

#Cinema