O site oficial da 70ª edição do #Festival de #Cannes confirmou o curta-metragem "Vazio do Lado de Fora" na lista da mostra Cinéfondation Selection. A película de Eduardo Brandão Filho foi uma das 19 selecionadas, sendo 17 ficções e 2 são filmes de animação.

Com 22 minutos de duração e com o título em inglês de "Empty on tne Outside", o curta-metragem foi gravado em junho de 2016 com a comunidade que resistiu ao despejo do terreno onde era a Vila Autódromo, ao lado do Parque Olímpico.

Foram inscritos 2,6 mil trabalhos para se apresentarem no Cinéfondation Slection. Argentina, Irã, França, Israel, Eslováquia, Japão e Índia são alguns dos países que terão curtas-metragens exibidos no dia 26 de maio na mostra.

Publicidade
Publicidade

Agreste de Pernambuco em Cannes

Produzido em Caruaru, o curta-metragem "Imerso" foi seleciona para a seção Short Film Corner, espaço dedicado a apresentar curtas-metragens de diferentes países. Desenvolvida pelo publicitário e fotógrafo Eder Deó, a película retrata o cotidiano de João, rapaz que percebe que as pessoas começam a aparecer e desaparecer do seu campo de visão. Aguinaldo Sena interpreta o protagonista.

Deó quis mostrar uma trama que provocar no espectador o questionamento que se é capaz, ou não, de enxergar o que está sendo falado através de ações e se sua imersão é o suficiente.

Para o fotógrafo, ser aprovado para Cannes é a confirmação de que todo o esforço valeu a pena. A estreia deverá ocorrer entre os dias 22 e 28 de maio.

Festival de Cannes

A 70ª edição do Festival de Cannes terá o cineasta espanhol Pedro Almodóvar como presidente do júri.

Publicidade

A lista dos filmes que participarão da categoria principal foi revelada hoje (13) e nenhum brasileiro foi selecionado. O restante do júri deverá ser revelado em breve pelo site do festival. Este ano, o evento ocorre entre os dias 17 e 28 de maio.

Em 2016, o filme de Woody Allen com Kristen Stweart e Jesse Eisenberg no elenco, "Café Society", abriu o festival que teve o diretor George Miller como presidente do júri, que contou, ainda, com Kirsten Dunst, Mads Mikkelsen e Donald Sutherland. O ator francês Laurent Lafitte foi o anfitrião das cerimônias de abertura e encerramento.

O filme "Aquarius" com Sônia Braga e direção de Kléber Mendonça Filho, que presidirá o júri da semana dos críticos que ocorre entre 18 e 26 de maio, concorreu ao principal prêmio. O filme britânico "I, Daniel Blake", saiu como vencedor da Palma de Ouro.