#Robin Williams e Chistopher Reeve foram dois famosos atores em #Hollywood. Reeves será sempre lembrado como o #Superman e pelo hoje clássico Em Algum Lugar do Passado (Somewhere in Time, 1980). Já Williams acumulou diversos sucesso, e foi vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante por Gênio Indomável (Good Will Hunting, 1997).

A dupla se conheceu quando ambos tornaram-se colegas de classe na Julliard, uma escola especializada no ensino das artes, em Nova York. Na mesma turma também estudava a atriz Meryl Streep.

Publicidade
Publicidade

Reeve e Williams se tornaram grandes amigos, e também colegas de quarto. Nos tempos de “vacas magras” os amigos prometeram que um ajudaria o outro quando obtivesse sucesso. Anos mais tarde, ambos tornaram-se astros do cinema, com carreiras muito bem sucedidas.

Porém, em 27 de maio de 1995, Christopher Reeve sofreu um grave acidente enquanto andava de cavalo. O ator, que personificara o “Homem de Aço”, ficou tetraplégico.

Em junho ele foi submetido a uma cirurgia, do qual só tinha 50% de sobreviver. Antes de entrar na sala cirúrgica, um médico com forte sotaque russo entrou em seu quarto, dizendo que iria fazer um exame retal no ator.

Publicidade

O tal médico era na verdade Robin Williams, disfarçado de médico, numa tentativa de animar o amigo. Em sua biografia, Reeve declarou que esta foi a primeira vez que ele riu após o acidente.

O galã sobreviveu a perigosa cirurgia, mas seu patrimônio não. Christopher Reeve gastou todo o seu dinheiro em seu tratamento, e este nem foi suficiente para cobrir todos os gastos hospitalares. Robin Williams então pagou o restante da conta, e disse que nem ele nem sua família jamais ficariam desamparados. E ele iria cumprir está promessa até o fim.

Reeve morreu em 10 de outubro de 2004, vítima de um infarto causado por uma infecção. Dois anos depois, sua esposa, a atriz Dana Reeve, com quem ele se casara em 1987, acabou falecendo vítima de um câncer.

Aos 14 anos, em 2006, o filho mais novo do ator ficou órfão de pai e mãe.

Publicidade

Williams então adotou legalmente o menino Will Reeve, e o criou como um filho.

Em 11 de agosto de 2014 Robin Williams sucumbiu a uma forte depressão, e acabou cometendo suicídio. Will, que na época estava com 22 anos, tornou-se herdeiro de seu patrimônio, dividido igualmente entre ele e os dois filhos sanguíneos do ator, que também deixou um valor significativo para a Fundação “Christopher Reeve Paralysis” em seu testamento.