Quase 37 anos após sua morte, o dramaturgo e cronista #Nelson Rodrigues permanece vivo e altamente representativo no cenário cultural brasileiro. O autor - que completaria 105 anos nesta terça-feira, dia 23 – é a inspiração do monólogo Nelson Rodrigues – Por Ele Mesmo, leitura dramática onde escritos do dramaturgo são lidos pela atriz Fernanda Montenegro. Uma das apresentações foi realizada nesta última semana, durante a inauguração da unidade do SESC na Rua 24 de Maio, no Centro de São Paulo.

Durante a peça, Fernanda Montenegro lê passagens do livro compilado por Sonia Rodrigues, filha do dramaturgo que buscou diversas entrevistas e citações de Nelson.

Publicidade
Publicidade

Estrelado por Fernanda Montenegro há quatro anos, o monólogo irá agora para as telas da TV. Recentemente, a Rede Globo anunciou que veiculará durante seis episódios do Fantástico, programado semanal exibido aos domingos, um quadro especial de Nelson Rodrigues – Por Ele Mesmo que terá direção de Fernanda e interpretação do ator Otávio Muller. Segundo informações do Estadão, o quadro será exibido a partir do dia 3 de setembro.

Além da peça e do novo quadro televisivo, o nome de Nelson Rodrigues voltou a figurar nos noticiarios com a informação de que o teatro que leva seu nome no Rio de Janeiro será reaberto após mais de quatro anos sob portas fechadas. Administrado pela Caixa Cultural, o espaço localizado no centro da capital fluminense reabrirá nesta sexta-feira, dia 25, com sessões do espetáculo Grande Suíte do Ballet Don Quixote, encenado pela Escola do #Teatro Bolshoi do Brasil.

Publicidade

#entreternimento