Publicidade
Publicidade

Desde que a revista 'The New Yorker' e o jornal 'The New York Times' começaram a noticiar, em outubro deste ano, as denúncias de assédio sexual contra o ex todo poderoso produtor de cinema Harvey Weinstein, cada vez mais escândalos deste tipo têm ganhado visibilidade internacional.

Harvey junto com seu irmão Bob Weinstein fundou a The Weinstein Company, empresa responsável por super produções tais como: ´O discurso do rei’; ‘O artista’; 'Django livre; 'Lion'; 'Os oito odiados'; 'Bastardos inglórios', dentre muitos outros sucessos.

Se até recentemente a empresa era praticamente sinônimo de sucesso no meio cinematográfico, depois das revelações dos diversos casos de abuso sexual envolvendo o nome de Harvey Weinstein, encontra-se em situação nada confortável, até mesmo ameaçada de falência.

Publicidade

Para confirmar a informação acima, basta ver o caso da mais recente produção da empresa. O filme 'Amityville: O Despertar' conseguiu arrecadar impressionantes, (de maneira negativa é claro), 742 dólares em pouco mais de uma semana desde que entrou em cartaz nos cinemas dos Estados Unidos. Segundo foi apurado pelo site ‘Boxofficemojo’.

Desde as primeiras acusações contra Harvey, praticamente todos os dias novos casos são revelados, envolvendo diversos outros nomes conhecidos do show business. O que levou outras empresas além da The Weinstein Company a passarem por dificuldades por conta de escândalos sexuais.

Amazon e Netflix também são afetadas

A gigante da internet Amazon demitiu o diretor Roy Price por também ter sido denunciado por assédio. Isto fez com que um projeto muito aguardado da empresa, a série para a televisão do diretor David O'Russel, que ficou conhecido pelo filme 'O lado bom da vida', fosse adiada.

Publicidade

E é claro há também o caso mais notório até o momento, a indefinição sobre quais caminhos tomar em relação à sexta temporada da série 'House of Cards'. Esta indefinição foi causada pela revelação de que Kevin Spacey [VIDEO] teria assediado o ator Anthony Rapp, que vive o tenente Paul Stamets na série 'Star Trek: Discovery [VIDEO]', quando este tinha apenas 14 anos.

Para piorar a situação, Kevin Spacey também foi acusado de ter tentado se aproveitar de vários integrantes da produção de House of Cards. A #Netflix também teve prejuízo com o adiamento do lançamento do filme 'Gore', que fala sobre o escritor Gore Vidal, já que Kevin Spacey está no filme interpretando o papel principal. #houseofcards