Publicidade
Publicidade

A atriz Dakota Fanning ganhou notoriedade já na infância pela sua beleza e talento ao participar de várias produções de sucesso em Hollywood. A então atriz mirim, hoje com 23 anos, esteve ao lado de grandes astros do cinema mundial, como Denzel Washington, Tom Cruise, Michelle Pfeiffer entre muitos outros.

Dakota brilhou no filme 'Uma lição de amor', de 2001 com o ator Sean Penn, este foi o primeiro trabalho da atriz que na época tinha apenas 6 anos. Curiosamente o filme também foi a estreia de sua irmã mais nova, Elle Fanning de apenas 2 anos, que na produção apareceu em cenas de flashback em que interpretava o personagem de sua irmã.

Publicidade

Hoje aos 19 anos, Elle coleciona uma galeria de personagens diversificados no cinema, que não inclui nesta lista a típica colegial americana, como ela faz questão de frisar.

Nem mesmo na vida real a atriz viveu os problemas típicos da adolescência, ela conta que em sua época de escola estava mais preocupada com os constantes desmaios que tinha em sala de aula. Devido ao seu crescimento acelerado para a idade, ela sofria com alterações na pressão sanguínea. Trauma superado, hoje a atriz orgulha-se de seu 1,75m de altura.

A mãe das irmãs Fanning foi tenista profissional enquanto o pai é um ex jogador de beisebol. O que torna curioso o fato de as duas irmãs enveredarem para o mundo artístico.

Talvez o fato de não ter participado de grandes produções de Hollywood, tenha feito com que a atriz não seja tão conhecida do grande público quanto sua irmã mais velha.

Publicidade

Mas isso não parece ser problema para Elle, que diz preferir fazer papéis que fujam do lugar comum e prefere estar em filmes que sejam lembrados. Como é o caso do polêmico 'Demônio de Néon', do cineasta Nicolas Widing Refn.

Nesta produção de 2016 a atriz vive uma aspirante a modelo. A trama associa necrofilia e canibalismo ao mundo fashion!

Em 2017, a atriz pôde ser vista no filme dirigido por Sofia Coppola, 'O Estranho que amamos', filme baseado no romance de Thomas Cullinan. Esta é uma versão que conta a história pelo olhar feminino. A mesma história já tinha sido levada para o cinema em 1973, pelo ator e diretor Clint Eastwood.

Este filme é a segunda obra feita com a talentosa diretora filha do ícone do cinema Francis Ford Coppola, antes elas já haviam trabalhado juntas no filme 'Em um lugar qualquer', de 2010.

O empoderamento feminino é um tema caro à jovem atriz, tanto é assim que em breve ele será vista nos cinemas interpretando a escritora britânica Mary Shelley, autora do clássico da literatura 'Frankstein'.

A atriz também esteve, entre outras produções, em filmes como 'Babel' de 2006; 'O Quebra-Nozes' de 2010; 'Ginger e Rosa', de 2012, e também no sucesso 'Malévola [VIDEO]', de 2014.

A atriz poderá ser vista em breve na estranha produção 'How to talk to girls at parties', de John Cameron Mitchell, seu personagem no filme é a de uma extraterrestre ingênua que cai na Terra no meio do movimento punk. #ellefanning #dakotafanning