Traições acontecem e são psicologicamente devastadoras. Por isso, Shakespeare imaginou a certeza de estar sendo traído (no caso, completamente equivocada, inspirada pelo intrigante Iago) pela mulher, a pura e meiga Desdêmona, como o fator que leva o equilibrado e nobre Otelo à desonra de assassinar a esposa. Machado de Assis imaginou a crença na traição da esposa (verdadeira ou imaginada?) envenenando a vida de um homem, tornando-o desconfiado e arredio.

E, como o velho dito lembra, geralmente, a mulher traída é a “última a saber”. Para benefício daquelas que possam estar sendo traídas, oferecemos alguns indícios nos quais prestar atenção se desconfia da fidelidade do amado.

1 - A rotina dele muda

Ele precisa integrar o caso dele a sua rotina de atividades. O dia continua tendo 24 horas para todo mundo: de algum lugar esse tempo vai sair. Ele diz estar trabalhando até mais tarde em uma época do ano em que não costumava fazer isso? Passou a ir a conferências fora da cidade que não frequentava? Os fins de semana dele agora são indisponíveis para você? Bom, pode ser a carreira dele decolando, fazendo-o acumular trabalho e responsabilidades, pode ser a área de atuação dele ficando mais concorrida e exigindo mais, mas é suspeito, sim.

2 - Ele desrespeita a própria mãe

Vamos ser sinceras: o #Relacionamento com a mãe tem um grande papel em definir como um homem se relaciona com as mulheres, especialmente as mais importantes na vida dele. Se não respeita a própria mãe, é duvidoso que ele vá respeitar alguma outra mulher nesse mundo.

3 - Ele começa a prestar bem mais atenção à própria aparência

Um homem com um novo amor, o que no caso significa uma “outra”, pode passar a mostrar mais zelo e orgulho no trajar - exemplo: uma grande reforma no guarda-roupa -, no pentear o cabelo, em se exercitar. Pode fazer coisas que nem lhe passariam pela cabeça antes, como clarear os dentes ou se bronzear. Além disso, banhos mais frequentes, por exemplo, podem servir para eliminar indícios comprometedores, como o perfume dela.

4 - De repente, ele se torna mais crítico de você, vê todas suas falhas, reais ou imaginárias, e discorre sobre elas

Ele pode tanto estar procurando justificava para deixá-la e promover a “outra” à condição de “oficial” como pode simplesmente estar se ressentindo de não encontrar no relacionamento “oficial”, o que encontra no relacionamento clandestino – os defeitos da amante podem ser subestimados e ignorados enquanto estiver ocupando apenas o papel secundário de caso excitante na vida dele (é mais ou menos o que acontece quando o povo ignora os defeitos óbvios da oposição porque se cansou do governo – você, na comparação, é o governo e a responsável por todos os problemas na vida dele, mesmo aqueles que não têm nada a ver com você).

5 - O computador e o celular só ficam ao seu alcance se estiverem travados – e você, obviamente, não tem a senha.

Quando você faz perguntas sobre os aparelhos, arquivos, números de telefone discados ou armazenados ou redes sociais dele, ele não consegue disfarçar o quão contrariado fica. Históricos de navegação deletados servem como pista, também. #sexo #infiel