“Mitar” é um neologismo que quer dizer, basicamente, fazer algo brilhantemente, agir como um verdadeiro mito, colocar-se pelos feitos muito acima do comum dos humanos. O verbo está tão na moda, é usado tão frequentemente e a propósito de tanta coisa, que é fácil esquecer que há um abismo intransponível separando os verdadeiros mitos de nós, meros mortais esforçados. O mito revela-se no meio da luta, no confronto com os medos, frente às adversidades: como um diamante, o mito é criado na pressão e no calor.

Diante de uma daquelas notícias que abalam o mundo de um homem, roubam o fôlego dele e dividem sua existência em um antes e um depois radicalmente diferentes, só um tipo arguto enxerga através das aparências, só um sábio mantém a mente clara, só um homem de rara coragem mantém o senso de proporções e só um iluminado mantém o bom #humor. Uma página do Facebook propôs um desafio a suas seguidoras: enviar aos respectivos namorados/maridos uma imagem com um teste de gravidez apontando para positivo. Alguns dos namorados/maridos tiveram reações, digamos, diferentes. Essas mulheres achavam que namoravam meros homens, mas elas resolveram trollar... verdadeiros mitos.

1- “Conhece-te a ti mesmo”, ensinava o filósofo. Ter espelho em casa ajuda.

2- E um homem desses não está no Vale do Silício dirigindo a linha de novos produtos da Apple? A vida é injusta. Mesmo.

3- Deve ser uma febre de uns 100 graus à sombra no mínimo. Como dizem os médicos, “inspira cuidados” Não queria estar no lugar do coitado.

4- “Elementar, meu caro Watson.” Se a mesa da foto não é sua, a casa não é sua, o teste de gravidez não é da sua namorada, o filho não é dela, o que quer dizer que a conta de pensão alimentícia a pagar não é sua. Tudo isso raciocinado e comunicado sucintamente no WhatsApp em menos de um minuto. Elementar, para ele.

5- Quem fala o que quer, ouve que não quer, já alertava a sabedoria popular. Há coisas com as quais não se brinca de jeito nenhum sob o risco de “ir buscar lã e voltar tosquiada”.

#Curiosidade #imagens