Alguns vão dizer que é a inveja em ação, que torna – para citar o saudoso Tom Jobim – o sucesso uma ofensa pessoal no Brasil. Outros vão dizer que é um tipo de justiça poética que se vinga nas piadas dos malfeitos das figuras públicas, sejam líderes políticos ou celebridades. Por fim, outros dirão que é apenas a manifestação coletiva e colaborativa do bom humor de uma gente que prefere perder o amigo a perder a piada.

Qualquer que seja a explicação sociológica correta, mal foi tornado público o pedido de prisão do jogador #Neymar, acusado de “corrupção nos negócios” pelo Ministério Público espanhol, houve uma explosão de memes que não deixam por menos e espremem cada gota de graça do assunto.

1 – Se a Espanha for minimamente como o Brasil (cultura latina e “talz”), vão rolar privilégios e festas homéricas na prisão. Refrigerante vai ser o de menos.

2 – O velho treinador Neném Prancha dizia que, se concentração (o hábito de isolar os jogadores antes de um jogo ou durante uma competição) servisse para alguma coisa, o time da penitenciária seria imbatível. Com Bruno, três vezes melhor goleiro do Campeonato Carioca, craque que se previa que acabaria na Seleção Brasileira e que acabou na cadeia mesmo, condenado por sua participação no assassinato de Eliza Samudio, e Neymar, que dispensa apresentações, o time da penitenciária está a caminho de ficar invencível mesmo.

3 – O meme faz todo sentido. Amleto Meneghetti, um famoso ladrão nascido na Itália e atuante no Brasil no começo do Século XX, citava Proudhon, pensador anarquista que dizia que a “propriedade é um roubo”, e argumentava que se a propriedade era, em si mesma, um roubo, ele próprio não eram mais ladrão que qualquer outra pessoa. Se imposto é roubo, burlar o fisco é impedir um roubo, um ato meritório, portanto. Vá convencer o Ministério Público, no entanto.

4 – Neymar até tirou foto com o ídolo canadense no dia 21 de novembro. A gente fala, mas até que, comparado com Justin Bieber, que dá soco em fã, que já foi preso embriagado, que briga com a plateia dos shows, que joga fora os presentes que recebe de fãs e cujo segurança foi acusado de quebrar o celular de uma fã, cuspir nela e ainda jogar um copo d’água nela, Neymar é um homem fino, tão fino como qualquer executivo de empreiteira que esteja atrás das grades por causa da Lava Jato.

5 – Ou governador do Rio de Janeiro... tem verdade que dói. É verdade que Neymar está sendo instado a assinar ficha de filiação no PT, no PMDB ou no PSDB paulista?

6 – Como dizia uma velha canção, “mais uma vez a Europa curvou-se ante o Brasil.” O Brasil prendeu primeiro... Pensando bem, se a polícia espanhola avisar com antecedência, Galvão pode até narrar a prisão de Neymar para os “amigos da Rede Globo” com aquele seu jeito nada exagerado. Vai ser uma prisão “dramááááática” como Brasil x Itália na final da Copa de 94.

7 – Depois de anos jogando contra o Real, Neymar vai cair na real de um jeito bem mais duro.