Levando vidas tediosas, presos a empregos aborrecidos e convivendo com gente insossa, não é espantoso que muitos agarrem a menor oportunidade possível de se expressar criativamente (a maioria de nós não saberia o que fazer com uma oportunidade grande). E, quando a menor oportunidade possível, dar nome a rede Wi-Fi por exemplo apareceu, bom... alguns de nós aproveitaram a oportunidade.

Alguns entretanto, talvez tenham aproveitado um pouco demais a oportunidade de se expressar, transformando o que deveria ser uma tarefa óbvia (dar o nome do dono, de um escritor favorito, de uma cidade, de um time, etc. à rede) em algo artístico: uma abertura inédita para o mundo enxergar suas almas, e a visão resultante não é necessariamente bonita.

1 – O pior é que eu não sei se isso é um protesto desesperado e impotente contra o mau serviço do provedor de internet ou uma tentativa de dissuadir os piratas de Wi-Fi. Provavelmente ambos.

2 – OK, nesse caso é raiva com os filadores de internet, mesmo.

3 – Clara tentativa de protesto através do nome da rede. E como quem fala o que quer, ouve o que não quer... Já tinha ouvido falar de discussões acaloradas pela internet, mas eu pensava que era outra coisa.

4 – Sério, existe algum grupo mais odiado atualmente que os piratas de Wi-Fi? Até o Estado Islâmico deve ter um Ibope melhor do que os caras no Brasil.

5 – Aparentemente, agora, a moda é usar o nome da rede Wi-Fi para fazer protestos e dar recados. Lembra quando as camisas tinham esse papel? No Brasil, o então presidente Collor saía por aí, especialmente em suas corridas a pé no fim de semana, com seus recadinhos estampados na camisa. A onda de usar camisas para dar recados motivou um americano engraçadinho a observar que, se as pessoas não ligam para o que você tem a dizer, não há razão para achar que ligarão para o que sua camisa tem a dizer. Ou sua rede Wi-Fi, certo?

6 – Outro exemplo de reclamação através do nome da rede Wi-Fi. Já se disse que a televisão é um aparelho maravilhoso que permite que milhões de pessoas riam ao mesmo tempo de uma mesma piada e continuem tristemente sozinhas em suas casas. Aparentemente, as redes Wi-Fi permitem a montes de pessoas odiar ao mesmo tempo e continuar raivosamente solitárias. Imagino que seja um avanço.

7 – Triste ver um sujeito que não se dá valor. Se bem que, com a quantidade de caçadores de Wi-Fi por aí e o preço de um serviço meia-boca de internet que dá raiva pagar, ele é bem capaz de entrar em coma alcoólico com a quantidade de cerveja que vai poder beber.

#humor #Curiosidade #imagens