Algumas esculturas não deveriam nem ter sido concebidas; concebidas, não deveriam ter sido financiadas; financiadas, não deveriam ter sido esculpidas; esculpidas, não deveriam ter sido instaladas em locais públicos (aqueles lugares por onde passam crianças, freiras, moças inocentes e similares); instaladas em locais públicos, deveriam ou ser cobertas com um imenso lençol ou simplesmente destruídas. Na verdade, é necessária uma imensa e ininterrupta sequência de ideias ruins para dar à luz uma escultura inapropriada para o ambiente em que se encontra. Várias vezes, essa imensa e ininterrupta sequência de ideias ruins acontece.

Às vezes, o problema começa logo no começo do projeto, em uma concepção errada, do tipo que só faz sentido na cabeça do artista e em nenhum outro lugar, certamente não exposta em um lugar público. Às vezes, o problema é de falta de competência na execução (como questionava Salieri, o músico frustrado do célebre filme Amadeus, por que Deus dá a ânsia de criar, mas não o talento?). Às vezes, o verdadeiro problema é quem quer que tenha escolhido a localização da obra de arte. Eis algumas esculturas que não deveriam estar expostas em público:

1 – Eles estão brincando de lutar, é só isso.

2 – Papai Noel está segurando um sino e um, uma... bem, um... outro sino? Uma lâmpada antiga, daquelas de pavio? Uma tocha? Um pião? O que quer que seja, não é bem o que parece.

3 – Gigante pela própria natureza... Sério, essa escultura pode ter qualquer outra utilidade além de estimular gracinhas adolescentes?

4 – O que é isso, um tributo ao saudoso Mãozinha, o charmoso faz-tudo da Família Addams?

5 – É um porco, por causa da cor, do rabo e do focinho, ou um pato, por causa do corpo , da cabeça e do pescoço?

6 – A não ser que se trate de parte de uma campanha de conscientização sobre o câncer de mama, essa escultura é muito estranha e provavelmente inapropriada.

7 – Será que é isso que um artista atormentado vê toda vez que fecha os olhos? Isso certamente ajudaria a explicar por que ele é atormentado.

8 – Sei lá, um homem vigoroso e nu fazendo malabarismo com bebês? Socando e chutando bebês? Jogando bebês para longe? Por quê, meu Deus, por quê?

#humor #imagens