#psicopatas #Assassinos são pessoas frias e calculistas, eles não pensam como nós e matam por prazer ou por alguma loucura da cabeça deles, ou seja, cometem homicídios sem motivo algum. Mas essas histórias mostram que, além de serem loucos, eles ainda podem amar e ser, de um modo inacreditável, amados também, pois depois que foram presos eles encontraram o amor.

Veja abaixo, a histórias bizarras de 4 desses assassinos que encontraram o #amor mesmo estando dentro de uma cadeia. Veja como isso foi possível e como acabou terminando:

1 - Randall Woodfield

Os crimes de Randall ocorreram entre os anos de 1979 e 1981, onde ele sequestrou 18 vítimas que tinham de 14 a 37 anos, que foram assassinadas por ele depois de terem sido espancadas e violentadas.

Depois de ter sido condenado à prisão perpétua, ele se casou três vezes, mesmo estando preso. Com uma conta no MySpace, Randall atraiu muitas mulheres que assim como ele, deveriam ser um tanto loucas, acreditamos.

2 - Phillip Jablonski

Depois de passar uma infância doentia vendo o seu pai abusar de suas irmãs, Phillip se casou com sua primeira mulher, que o deixou depois que ele tentou a matar durante a relação sexual.

Quando se casou pela segunda vez em 1977, Phillip teve uma filha, tentou estuprar a sogra e depois matou sua esposa só porque ela quis ir embora.

Depois de condenado a 12 anos de prisão, ele conheceu outra mulher, a jovem Carol Spadoni, através de um anúncio que ele publicou em um jornal, então, ele se casou novamente. Mas depois que foi solto, logo matou a moça de 38 anos, arrancou seus olhos e ouvidos e ainda escreveu em suas costas com uma faca: “i love Jesus (eu amo Jesus) ”. Depois disso, ele foi preso novamente.

3 - Kenneth Bianchi

Junto com seu irmão, Kenneth aterrorizava as ruas de Los Angeles estuprando mulheres. Depois de preso, conheceu Veronica Compton, uma jovem atriz que tentou o ajudar de várias formas para que ele fosse inocentado.

Depois de tentar matar uma mulher com o objetivo de querer mostrar a polícia que o verdadeiro assassino ainda estava solto, Veronica não conseguiu sufocar a vítima e ainda foi presa. Logo, Kenneth terminou seu relacionamento com ela que, por sua vez, se apaixonou por outro psicopata, Douglas Daniel Clark, que decapitou 7 mulheres.

Depois disso, em 1989, Kenneth conheceu Shirlee Book, que já tinha tentado um romance com o Serial Killer, Ted Bundy, mas que, de um modo estranho, não seguiu com ele pois não se sentia atraída pelo mesmo. Ou seja, entre um estuprador e um serial killer, ela preferiu o estuprador.

4 - Ted Bundy

Por ter uma aparência sedutora e inofensiva, Ted atraía muitas mulheres, mas poucas sabiam que ele era um necrófilo, assassino, estuprador e psicopata.

Depois que foi preso, mesmo com sua fama, recebia milhares de cartas de mulheres apaixonadas por ele. E, ao começar a receber dinheiro de uma dessas apaixonadas que se chamava Carol Ann, Ted se casou em 1980 com ela, com quem teve uma filha. Mas sete anos depois disso, ele foi executado na prisão da Flórida.