Tratando mais uma vez sobre a Psicologia Positiva, o psicólogo Martin Seligman pesquisou também a respeito das principais forças de caráter que todo ser humano possui, algumas em maior evidência e outras pouco exercitadas em nosso dia a dia.

Esse estudo é muito importante, pois com a identificação de nossos potenciais, torna-se mais fácil alcançar alguns objetivos, por exemplo, no caso do trabalho, tendo clareza de nossas principais qualidades é possível encontrar uma função onde vamos trabalhar com mais satisfação e utilizar melhor o nosso potencial. Em outros casos podemos identificar uma virtude que temos pouco desenvolvida, mas é essencial para uma função almejada, portanto, deve ser trabalhada melhor.

As 24 forças de virtudes existentes

Amor: afetividade expressiva e valorização de relações próximas;

Amor ao aprendizado: sensação de prazer em aprender coisas novas;

Autocontrole: capacidade de regular e dosar as próprias emoções;

Apreciação da beleza: capacidade de perceber e apreciar a beleza e a excelência nas experiências cotidianas;

Bravura: capacidade de não recuar diante de ameaças, desafios, dificuldades ou dor;

Bom humor: modo animado de encarar a realidade;

Criatividade: facilidade de pensar em novas formas de fazer as coisas;

Curiosidade: gosto por explorar e descobrir o desconhecido;

Empatia: consciência e sensibilidade sobre os motivos e sentimentos das outras pessoas;

Espiritualidade: perspectivas coerentes sobre um propósito maior e sobre o sentido da vida;

Espírito de equipe: capacidade para construir a integração e o sucesso coletivos;

Esperança: tendência de olhar para o futuro com otimismo e dedicação para construir um futuro melhor;

Entusiasmo: perceber a própria vida como uma aventura e agir com empolgação;

Gratidão: consciência e expressão das coisas boas que nos acontecem sem que as tenhamos por garantias;

Generosidade: virtude de quem se dispõe a sacrificar os próprios interesses em benefício de outrem;

Humildade: consciência extrema dos limites de qualquer virtude, e de si;

Imparcialidade: princípio segundo o qual se procura tratar todas as pessoas imparcialmente;

Integridade: forma genuína e autêntica de ser;

Liderança: capacidade de dar direção a um grupo;

Perspectiva: visão de mundo repleto de significado e maturidade;

Perdão: capacidade de desculpar aqueles que erraram para conosco;

Perseverança: esforço real para se terminar o que começou;

Prudência: capacidade de fazer escolhas cuidadosas;

Senso crítico: faculdade de somente aceitar um fato.

Para saber mais a respeito de suas principais forças, faça uma avaliação no site Viacharacter e comece já a desenvolver todo o seu potencial. #Felicidade #Desenvolvimento #Forças de caráter