Você gosta de beber aquela cachacinha, um bom vinho ou uma cervejinha no final de semana? Pois saiba que, tudo o que você ouviu falar sobre #bebidas alcoólicas até o dia de hoje, pode ter sido mentira. Segundo informações do site especializado em saúde, ‘Tua Saúde’, beber #cachaça pode diminuir os riscos de doenças cardíacas nas pessoas. Seria verdade isso?

Embora seja benéfico tomar certas quantidades de bebidas alcoólicas, é preciso que esse consumo seja responsável, pois é lógico que ninguém vai ser saudável bebendo litros e mais litros de cachaça. Então veja a seguir quais os tipos de bebidas que fazem bem e como elas devem ser consumidas:

Caipirinha

Essa cachaça, embora muitos não acreditem, se consumida na quantidade certa e do modo correto, pode ser muito benéfica. Ela contém antioxidantes que podem proteger o seu coração e ainda ajudam no combate contra o mau colesterol. Isso, além de outros benefícios que ela pode oferecer. Deve ser consumida em duas doses para os homens e uma dose para as mulheres.

Cerveja

A bebida feita de cevada, é perfeita para nos prevenir de problemas cardiovasculares, melhora nossa memória, o nosso metabolismo, nos relaxa, controla o nosso sistema digestivo e ainda é super rica em diversos tipos de vitaminas. Mas não vale beber #Cerveja em excesso para ter todas essas vantagens, por isso, o limite ideal para consumo é de até duas canecas de 250ml para os homens e apenas uma para as mulheres.

Vinho

Assim também como a caipirinha e a cerveja, o vinho também possui antioxidantes importantes que são benéficos para a nossa saúde. Nos previne de inúmeras doenças, assim também como problemas cardiovasculares.

Mas para fazer bem, a bebida deve ser consumida diariamente na quantidade mínima de uma taça, ou, 300 ml para os homens e 200ml para as mulheres. E há quem diga que esse consumo rotineiro da bebida, ainda pode prolongar o nosso tempo de vida. Sendo assim, o segredo para a longevidade talvez!

Tome cuidado!

Para que uma pessoa seja beneficiada bebendo cachaça, deve-se respeitar o limite do teor alcoólico de apenas 30g por dia, o que é o mesmo do que uma dose de whisky ou de vodca.

Assim como qualquer outro tipo de bebida açucarada ou rica em corantes e aromatizantes, o consumo da alcoólica em excesso pode trazer malefícios para o nosso corpo, mas de um modo bem mais intenso do que o que um simples alimento pode causar. Então, beba com moderação e mantenha o limite diário de álcool em seu organismo para se ter os benefícios reais.