Milhões de mulheres de todo o mundo podem estar com câncer e nem imaginam o que realmente está a acontecer com elas. Isso porque alguns sinais, como o do câncer de ovário, podem passar desapercebidos. Por isso, preparamos um manual com algumas dicas que podem te ajudar a ficar mais atenta em torno deste grave mal. Lembramos sempre que, caso haja dúvida, não deixe de ir a seu médico. Além disso, uma simples dica na internet, mesmo feita por especialista, jamais será capaz de dar mais respostas do que o contato pessoal, especialmente se você tiver um médico de confiança, que lhe acompanha por anos e conhece muito bem seus hábitos e todo o seu prognóstico de doenças.

De acordo com dados de pesquisas realizadas em todo o mundo, os sintomas do câncer de ovário são tão comuns que, cerca de 80% das mulheres, apenas descobrem a doença, quando essa já entrou em um estágio extremamente avançado. Isso pode causar grandes problemas, especialmente retardando a cura. Estes itens que colocamos em uma lista jamais devem ser ignorados:

1- Costas não param de doer - isso não necessariamente é um problema na coluna cervical, tampouco nas articulações. Algumas mulheres, especialmente as com mais de 30 anos, costumam associar esses sintomas à idade, mas ele também pode significar que seu ovário não está a funcionar bem, ou pior, desenvolve um câncer.

2 - Barriga e bacia doendo - essa é outra dor que não deve ser jamais ignorada. Assim como as demais, não é normal ficar sem estar confortável. Marque uma consulta com seu ginecologista e relate a eles todos os sintomas que sente, como também a quanto tempo está com eles.

3. Ciclos irregulares - Especialmente se você tiver mais de 50 anos, as chances de ter essa doença aumentam. No entanto, um sinal nas mulheres mais jovens, bastante comum, são irregularidades no ciclo menstrual. Anote corretamente quantos dias demora e quando acontece essa parte importante na vida de qualquer mulher. Apesar de extremamente raro, ainda é possível que meninas desenvolvam esta grave enfermidade antes de virarem "moças". #Curiosidade