Nesta semana ,uma reportagem bombou em todo mundo. Pesquisas já mostravam que as mulheres são muito mais propícias a ir mais aos médicos, por exemplo. Talvez isso ajude a explicar porque na maior parte do mundo elas consigam viver bem mais do que os homens. No Brasil, por exemplo, o sexo feminino tem em média vida de 5 anos a mais do que o masculino. Uma das maiores preocupações das mulheres é justamente com as doenças sexualmente transmissíveis. A camisinha acabou sendo uma grande revolução para a humanidade.

Mesmo assim, durante o ato sexual e até após ele, muitas enfermidades podem ser contraídas. Pensando nisso, um grupo de médicos fez uma espécie de lista com coisas que não devem ser feitas pelas mulheres após terem o ato íntimo. Veja a seguir as três coisas que jamais devem ser feitas após o sexo.

A primeira delas é ensaboar a região íntima. Uma ginecologista, em entrevista ao site inglês 'Daily Mail', Leslie Page, explicou que os tecidos da vagina tem uma lubrificação própria e a partir do momento que você insere o sabão nessa área, a fricção já provocada anteriormente acaba mudando a relação do órgão genital com o meio ambiente. Isso pode virar um problemão. Isso porque o risco de infecções na genitália começam a aumentar. A ginecologista explica que o melhor conselho nesse caso é usar apenas água. Outra maneira que pode acabar ajudando as mulheres que querem ficar com o perfume melhor na região é utilizar os sabonetes líquidos apropriados para essa área.

Outra coisa que não deve ser feita é deixar de urinar. Isso mesmo você não leu errado. Essa dica é à muitas mulheres que ficam com receio de ir no banheiro e sentir alguma coisa estranha. Mas isso pode acarretar muitas coisas ruins para o seu corpo. Isso porque o xixi, ao sair pela uretra, libera muitas bactérias junto dele. E isso faz com que o órgão sexual feminino praticamente seja limpo. Não urinar pode deixar a área bastante complicada, além de causar até mesmo lesões na bexiga. A terceira e última coisa que jamais deve ser feita é entrar em uma banheira de água quente. Os casais às vezes curtem entrar nesse tipo de local, mas a água pode transmitir muitas bactérias especialmente se você estiver com o parceiro junto. #Saúde