Pesquisas garantem que as mulheres vão muito mais aos médicos do que os homens. Elas se mostram bastante preocupadas, especialmente com as doenças sexualmente transmissíveis. E realmente elas estão certas! Isso porque durante o que pode ser apenas uma hora de prazer, os malefícios desse momento podem ser levados para toda vida. Por conta disso, médicos advertem que três coisas não devem ser jamais feitas após a relação sexual. Os especialistas garantem que determinadas ações devem ser evitadas. As precauções que para muitos são desnecessárias e até um empecilho ao prazer, na verdade, segundo os especialistas, são apenas maneiras de se manter ainda mais saudável.

Ensaboar a vagina: Leslie page, ginecologista, explica que os tecidos da vagina precisam de lubrificação, já que ficam friccionados após o ato sexual. "Isso muda todas as relações entre o órgão e o meio ambiente", disse ela em entrevista ao 'Daily Mail'. Por conta disso, caso a mulher passe sabão em sua genitália, o risco de infecções irá aumentar. Segundo a ginecologista, o órgão sexual feminino já é auto-limpante, ou seja, logo após o ato sexual, ele já está completamente pronto para seguir em frente. Segundo a médica, apenas a água deve ser usada, ou então sabonete líquido específico para essa área, evitando assim provocar uma reação alérgica ou irritação.

Não urinar: não, você não leu errado! isso porque fazer xixi após o ato prazeroso ajuda a jogar todas as coisas ruins para fora, como as bactérias. Ela são eliminadas e isso faz com que novamente o órgão sexual feminino fique livre dos problemas. Prender o xixi é prejudicial também à bexiga e pode levar à uma doença mais grave.

Mergulhar em uma banheira de água quente: muitos casais fazem seus atos sexuais em motéis, que possuem hidromassagens relaxantes. Os especialistas em #Saúde dizem que mergulhar em água muito quente pode prejudicar sim as partes íntimas. Especialmente, porque o excesso de calor prejudicaria o relaxamento após o ato como parceiro. A vulva, que é a parte que fica fora da vagina, fica distendida depois do sexo e isso acaba expondo completamente o órgão da mulher. O calor impede que a vulva volte ao normal de maneira rápida. Caso a mulher esteja na banheira com outro homem, esse risco aumenta, já que há a questão das bactérias.

Então você já sabe, seguindo essas dicas ficará livre de diversas doenças! Compartilhe essa informação com suas amigas.