O Facebook é a rede social mais usada no mundo inteiro, e aqui no Brasil não é diferente. Certamente você tem um perfil no #Facebook, ou conhece alguém que tenha. Milhões de pessoas gastam algumas ou muitas horas de seus dias postando mensagens, curtindo, compartilhando e vendo o que as outras pessoas estão fazendo no Facebook. Mas será que deixar o Facebook de lado por alguns dias nos faria uma pessoa mais feliz? Ou isso é só um mito?

Um estudo realizado pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, garante que se você tirar férias do Facebook será uma pessoa feliz. De acordo com o estudo, as pessoas não têm noção das consequências graves de ficar todos os dias na redes social.

O estudo ainda traz provas casuais de que o Facebook afeta nossos dias de forma extremamente negativa e por isso precisamos nos ausentar dele por alguns dias e o mais rápido possível. O pesquisador Morten Tromholt fez uma tese de mestrado comprovando tudo isso e agora gerou uma grande polêmica, pois muitos concordam com eles, mas há muita gente que discorda.

A pesquisa contou com 1.095 participantes, todos dinamarqueses, sendo que metade delas ficaram uma semana sem usar o Facebook. O resultado é que o grupo escolhido para não usar a rede social por 7 dias apresentou um grau maior de satisfação com a vida, enquanto o outro grupo, que acessou o Facebook todos os dias, tinham um grau menor de satisfação.

O resultado final comprovou que ficar alguns dias longe do Facebook é muito bom, tanto para a satisfação com a vida de um modo geral, como também para a pessoa ter emoções mais positivas. As pessoas que não usaram a redes social por uma semana estavam mais felizes por diversos motivos. Algumas aproveitaram o tempo para praticar atividade física, outras foram conversar com os amigos, ver um filme, estudar, colocar em prática algum projeto, enfim, tiveram mais tempo livre para dedicarem a outras coisas.

Agora é a sua vez de responder e ser sincero: você ficaria mais feliz se ficasse 7 dias longe do Facebook? #Redes Sociais #Comportamento