A #sexualidade humana é qualquer forma, jeito ou maneira que uma pessoa busque para obter ou expressar prazer.

Por conter questões afetivas a sexualidade humana é um dos temas que mais gera polêmica no mundo. Há dois aspectos importantes sobre o assunto.

Orientação sexual

É o que diz respeito sobre o que atrai o indivíduo sexualmente falando. Pode envolver também questões sentimentais. Então, se a pessoa se sente atraída pelo sexo oposto, dizemos que ela é heterossexual.

Se atraída pelo mesmo sexo, chamamos de homossexual. Há também, em alguns casos, pessoas bissexuais, que gostam de ambos os sexos.

Gênero

Temos o feminino e o masculino que corresponde ao sexo da pessoa. Temos também pessoas com características físicas sexuais, tanto masculinas quanto femininas, chamadas de hermafroditas.

Não há mulheres heterossexuais

Há um estudo muito interessante que foi feito na universidade de Essex, na Inglaterra, sobre a sexualidade feminina.

Liderada pelo doutor Gerulf Rieger, do departamento de psicologia, o estudo envolveu 345 voluntárias que foram avaliadas após assistirem vídeos de conteúdo adulto contendo imagens tanto de mulheres quanto de homens nus.

Baseando-se em como as pupilas se dilatavam ao assistir aos vídeos, os resultados mostraram que 82% das mulheres tiveram excitação ao assistir vídeos de ambos os sexos. E as homossexuais ficaram excitadas apenas com imagens do sexo feminino, revelou o jornal Telegraph.

“Ainda que a maioria das mulheres declare ser heterossexual, o nosso estudo demonstra claramente que, no que diz respeito ao desejo sexual, elas são bissexuais ou homossexuais, mas nunca heterossexuais”, afirma Dr. Gerulf Rieger

Esse estudo foi publicado no jornal científico "Journal of Personality and Social Psychology", e concluiu também que as homossexuais que se vestem de uma forma mais masculina não necessariamente apresentam comportamento sexual do mesmo gênero.

Dessa forma, não dá para saber qual a preferência sexual de alguém com base em como a pessoa se veste. "Isso nos mostra que a forma como as mulheres aparecem em público não significa nada sobre suas preferências sexuais", explicou Dr. Gerulf. #Mulher #Viral