Saborear um bom #chocolate em diversos momentos do dia é de fato algo muito bom e que muita mulher já faz em seu cotidiano. Algumas dessas mulheres já consomem o produto para ‘diminuir o stress’, ‘passar a raiva’, ‘esquecer uma decepção’ ou, simplesmente, comem o alimento por prazer. No entanto, a partir de agora, elas poderão saborear a iguaria intencionando a diminuição das terríveis dores proporcionadas pela cólica menstrual. Ao menos é o que diz uma empresa suíça chamada “Chocolate with Love” – Chocolate com Amor, em tradução livre para o português.

De acordo com o criador da iguaria, Marc Widner, que também é dono da empresa sediada em Lucerna, na Suíça, esse chocolate possui 17 ervas que ajudam a relaxar o corpo da mulher e diminuir consideravelmente as dores provocadas pelas cólicas menstruais. Segundo o empresário, que também já foi dono de hotéis de luxo e administrou outras grandes marcas de chocolate, o seu produto não é somente uma promessa de melhoria de vida para as mulheres que enfrentam essas dores mensalmente, pois, de acordo com ele, o seu chocolate foi calculadamente bem analisado por profissionais que conhecem a fundo o grande poder que as ervas – encontradas em 40% do chocolate – têm como benefício para o corpo feminino.

Em suas andanças por algumas cidades, Marc encontrou uma família que utilizava um chá com algumas ervas. Essa bebida, segundo as mulheres que bebiam, servia para parar com as dores das cólicas menstruais que chegavam todos os meses. Widner, que já era um empresário de chocolate famoso, uniu o ‘útil ao agradável’ e pensou em incrementar essas ervas em seu chocolate. A partir daí, surgiu o chocolate ‘Frauenmond’, que se traduz em “Lua da Mulher”. Ele tem 60% de cacau e o restante se divide nas tais 17 ervas que fazem ‘milagres’ para as mulheres.

Além dos benefícios contra a cólica nas mulheres, de acordo com Widmer, o seu produto também tem a função de ajudar a melhorar a serotonina nas pessoas, além disso, o humor também passa a ser melhorado. O produto, em sua embalagem, é descrito como “primeiro chocolate saudável para mulheres”. Ainda não existe data para a chegada do produto no Brasil.