Um conhecido ditado no mundo de língua inglesa diz que “familiaridade gera desprezo”, ou seja, as pessoas não respeitam aqueles que conhecem bem e cujos defeitos podem, portanto, ser observados de perto. Talvez a familiaridade não gere desprezo exatamente, mas, com a familiaridade, especialmente, em um contexto romântico, parece vir uma crença na falta de necessidade de manter certas aparências e formalidades e de fazer cerimônia. Namorados de longa data, para não falar de esposos, tendem a fazer coisa diante um do outro que não fariam de um “ficante”, por exemplo. Assim sendo, reunimos algumas coisas “nojentas” que os membros de certos casais se sentem livros para fazer diante do outro (ou com o outro) depois de um tempo.

Publicidade
Publicidade

1 – Soltar gases na frente do parceiro

Depois de um tempo, a cerimônia vai para o espaço – no relacionamento de certos casais pelo menos – e o impensável começa a se tornar bastante pensável. Nessas circunstâncias, pensam alguns, por que segurar os gases?

2 – Dividir o banheiro

Depois de um tempo, parece normal tomar banho enquanto ele ou ela está usando o vaso sanitário.

3 – Ajudar a atravessar a ressaca

O que pode ser mais nojento (e prova maior de amor) do que segurar o cabelo dele ou dela enquanto vomita ou ter que aguentar os lamentos de alguém que bebeu demais?

4 – Dividir as escovas de dentes

“Juntar as escovas de dentes” é uma expressão usada quando duas pessoas resolvem morar juntas, então por que não compartilhar escovas de uma vez. Eles provavelmente já se beijam na boca, então compartilhar germes e saliva talvez não seja um grande problema.

Publicidade

É verdade que médicos, dentistas e profissionais do ramo de saúde desaconselham juntar escovas literalmente (“Devemos evitar o contato com outras escovas, porque cada pessoa possui a sua própria microbiota [flora] bucal, que é transferida para a escova”, diz o biomédico Roberto Figueiredo, o célebre Dr. Bactéria), quanto mais usar as escovas um do outro. Mas o que eles entendem de amor, não é?

5 – Acordar e beijar na boca antes de escovar os dentes

“Um beijo ainda é um beijo, um suspiro é só um suspiro”, como diz a icônica canção romântica As Time Goes By. Se for da pessoa amada, pode ser uma boa – mesmo antes que tenha escovado os dentes. #Casal #vida a dois #Curiosidades